Ciência da Computação na Unijuí: formação para o desenvolvimento de soluções inovadoras - NoroesteOnline.comNoroesteOnline.com ">

Ciência da Computação na Unijuí: formação para o desenvolvimento de soluções inovadoras

14 de junho de 2021

Com duração de cinco anos, o curso de Ciência da Computação da Unijuí, ofertado nos campi de Ijuí e Santa Rosa, prepara o profissional para propor soluções inovadoras para problemas da sociedade, por meio do desenvolvimento de produtos e tecnologias eficientes e sustentáveis. O estudante é preparado para encontrar e desenvolver novas aplicações para os diferentes sistemas, sejam eles servidores, computadores pessoais, dispositivos móveis e sistemas embarcados, por exemplo.

Com a Graduação Mais, nova metodologia de ensino da Unijuí, há novidades no currículo, conforme explica o coordenador do curso, Edson Padoin. “Os estudantes de Ciência da Computação vão poder cursar disciplinas em três eixos: Eixo de Formação Profissional, que busca o desenvolvimento de competências que complementarão a formação profissional; Eixo de Formação Pessoal, que almeja o desenvolvimento de competências de cunho de enriquecimento do indivíduo; e o Eixo de Formação para Cidadania, que visa o desenvolvimento de competências de formação crítica, relativos à compreensão da sociedade e da ciência”, explicou o professor.

O projeto pedagógico do curso está organizado em módulos, com temas geradores, e orientado na formação por competências. Segundo Padoin, os módulos buscam pensar e resolver problemas a partir de temas como Arquitetura de sistemas e programação básica; Gestão, projeto e desenvolvimento de sistemas; Sistemas interativos e imersivos; Cidades e sistemas inteligentes; Empreendedorismo, ciência e inovação. A Proposta Pedagógica Curricular está em sintonia com as diretrizes curriculares nacionais do Conselho Nacional de Educação e com as orientações da Sociedade Brasileira de Computação.

“Os estudantes contam com o Projeto Integrador, onde podem colocar em prática os conteúdos teóricos estudados nas disciplinas, o que possibilita qualificar ainda mais a sua formação”, comenta Padoin, lembrando que a comunidade regional acaba beneficiada de duas formas: primeiro, por contar com profissionais mais preparados para enfrentar desafios atuais das cidades que estão cada vez mais conectadas e, segundo, com a execução de projetos. “Tais projetos buscam atender demandas da população, permitindo aos estudantes a aplicação dos conteúdos estudados com o acompanhamento e a supervisão dos professores”, completou o professor.

Outro diferencial é que, durante a graduação, o estudante pode colocar em prática os conteúdos estudados no conjunto de laboratórios que a Universidade possui – Laboratório de Hardware, Sistemas Operacionais, Linguagem de Programação, Redes de Computadores, Simulação Digital, Eletrônica Digital, Computação Pervasiva, Laboratório de Robótica Aplicada, Laboratório de realidade virtual e Laboratório de IoT. “Além de toda essa estrutura, os estudantes também contarão com o Espaço Mais Inovação, que será um centro de inovação para o desenvolvimento de projetos que envolvem Inteligência Artificial, Segurança de Dados, Data Science, Internet das Coisas e Cidades Inteligentes”, lembrou o coordenador.

Os estudantes também podem utilizar os softwares que o curso disponibiliza através de convênios com grandes empresas estrangeiras, como a NVidia, Intel, Amazon, Google, Tableau e Qlik para desenvolver soluções, proporcionando mais experiências e uma melhor qualificação profissional.

Para saber mais sobre o curso de Ciência da Computação da Unijuí, acesse o link.

Saia da zona de conforto: faça pós-graduação Unijuí

23 de fevereiro de 2021
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados