Desafios dos municípios frente à eleição de 2020 são debatidos por prefeitos – NoroesteOnline.com

Desafios dos municípios frente à eleição de 2020 são debatidos por prefeitos

16 de fevereiro de 2020
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Prefeitos de grande parte dos 497 municípios gaúchos e membros de suas equipes estiveram reunidos na quinta e sexta-feira, na Praia do Araçá, em Capão da Canoa, no Litoral Norte, para debater os desafios em ano de eleições. Na Assembleia de Verão da Federação dos Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), em vários painéis, prefeitos e especialistas discorreram a respeito das mudanças na legislação eleitoral e no pleito municipal, o que são considerados crimes eleitorais, como enfrentar o mundo digital e as fake news.

Reuniões temáticas se propuseram a não deixar de lado questões importantes, como a pavimentação dos acessos municipais e situação dramática causada pela estiagem prolongada. Em dois dias foram realizados 19 painéis e apresentações, que tiveram plateia praticamente lotada no Centro de Eventos do Hotel Araçá. De acordo com o coordenador-geral da Famurs, José Scorsatto, os cerca de 500 lugares estiveram preenchidos nos dois dias de evento. “É uma participação muito boa. Tivemos nesta edição bons painéis, como o da desembargadora Marilene Bonzanini (presidente do TRE-RS), o de segurança cibernética e a do Zeca Honorato (publicitário e consultor em marketing político)”, destaca. “A assembleia é um dos eventos mais tradicionais da Famurs, que ocorre há 15 anos. A ideia é valorizar o Litoral Norte e prestigiar a Associação dos Municípios do Litoral Norte (Amlinorte) e também aproveitar que alguns dos prefeitos estão de férias pela região”, explica o presidente da Famurs, Dudu Freire, que também é prefeito de Palmeira das Missões. “O eixo principal do evento foi sobre eleições, mas paralelamente tivemos outras reuniões sobre as pautas municipalistas, com diversos assuntos. É muito importante termos estes encontros para trocar experiências de gestão”, avalia Freire.

A Assembleia de Verão 2020 teve apoio da Confederação Nacional de Municípios (CNM) e da Amlinorte. O evento foi encerrado no final da tarde de ontem pelo presidente da CNM, Glademir Aroldi, que debateu a pauta municipalista que é tratada na esfera federal. A estiagem que atinge o Rio Grande do Sul também foi avaliada. A secretária de Trabalho e Assistência Social, Regina Becker, se reuniu com gestores da entidade e prefeitos de municípios afetados pela falta de chuva. O encontro serviu para esclarecer as formas de liberação de recursos por parte do governo federal dentro das normativas estabelecidas pelo Ministério da Cidadania.

O boletim mais recente da Defesa Civil aponta que 115 municípios gaúchos foram prejudicados pela estiagem; 107 decretaram situação de emergência, dos quais 13 foram homologados pelo governador Eduardo Leite: Agudo, Cachoeira do Sul, Cerro Branco, Chuvisca, Cristal, Faxinal do Soturno, Herveiras, Lagoão, Montauri, Nova Palma, Pinhal Grande, Ponte Preta e São Gabriel. A secretária destacou a importância do envio dos dados pelas prefeituras, sendo fundamental para a receber ajuda do governo. Dos 13 municípios, somente dois (Chuvisca e Nova Palma) responderam às solicitações da Secretaria de Trabalho e Assistência Social (Stas) referentes à participação em outros programas do governo federal.

Fonte: Correio do Povo

Processo Seletivo EaD Unijuí

28 de janeiro de 2020
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados
Skip to content