Desenvolvimento Regional: a compreensão das dinâmicas de desenvolvimento e a busca de alternativas de intervenção local – NoroesteOnline.com

Desenvolvimento Regional: a compreensão das dinâmicas de desenvolvimento e a busca de alternativas de intervenção local

1 de setembro de 2020
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Desenvolvimento Regional foi criado em 2002, com o Curso de Mestrado em Desenvolvimento, Gestão e Cidadania, alterado em 2005 para Mestrado em Desenvolvimento e, a partir de 2016, como Mestrado em Desenvolvimento Regional, ofertando sua 19ª turma para 2020. A partir de 2016, passou a ofertar também o curso de Doutorado, com a oferta da 5ª turma para 2020. Recentemente, ainda, o Programa aprovou uma oferta de Mestrado Interinstitucional com a Faculdade Única de Ipatinga, de Minas Gerais.

O Programa e seus cursos são credenciados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), com conceito 4. Tem por objetivo a geração de conhecimento e de produção científica a partir da pesquisa, visando à formação e ao aprimoramento de docentes e outros profissionais para o exercício de atividades de pesquisa, extensão, ensino, assessoria e consultoria, qualificados para atuação na área das Ciências Sociais Aplicadas, em organizações públicas, privadas e da sociedade civil, tendo a interdisciplinaridade como referência metodológica e como temática os diversos aspectos que envolvem planejamento, gestão e inovação, na perspectiva da sustentabilidade do desenvolvimento regional. “Possui como temática os diferentes aspectos que envolvem o planejamento, a gestão e a inovação, sempre uma perspectiva da sustentabilidade e do desenvolvimento regional”, salienta o coordenador do Programa, professor Sérgio Allebrandt..

Busca a compreensão das dinâmicas de desenvolvimento por meio da reflexão crítica e da busca de alternativas de intervenção nos processos de desenvolvimento de territórios socialmente construídos. Participa de forma crítica e reflexiva no desenvolvimento regional, valorizando o exercício da cidadania, a promoção do bem-comum e da qualidade de vida, com respeito à diversidade sociocultural dos territórios, tendo formado mais de 380 pessoas desde a sua fundação.

Atualmente são desenvolvidos 24 projetos de pesquisa e extensão no Programa, sendo que 10 deles estão sendo financiados por órgãos de fomento como o CNPQ e a Capes. “Possuímos uma integração com outros programas nacionais, como a Universidade do Tocantins, e de outros países, com possibilidade de intercâmbio com as Universidades na Austrália”, complementa o coordenador.

Linhas de Pesquisa

Inscrições

A partir de 08 de setembro o Programa estará com inscrições abertas para a nova turma dos cursos de Mestrado e Doutorado. Confira todos os detalhes na página do Programa, neste link.

EaD UNIJUÍ – 100% a distância

12 de maio de 2020
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados
Skip to content