Filhos descobrem que pai matou mãe há 37 anos para ficar com empregada – NoroesteOnline.com

Filhos descobrem que pai matou mãe há 37 anos para ficar com empregada

22 de agosto de 2019
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Depois de 37 anos, uma descoberta abalou uma família em Lucas do Rio Verde, no Mato Grosso. Seis irmãos denunciaram o próprio pai após investigarem e descobrirem que ele era autor da morte da mãe deles. Os irmãos levaram documentos com provas até a Polícia Civil da cidade.

O assassinato teria ocorrido na cidade de Quilombo, em Santa Catarina, no dia 27 de janeiro de 1982, segundo a Polícia Civil.

Em entrevista coletiva, os filhos contaram que o pai, que não teve o nome divulgado, assassinou a mãe, Pierina Carroro, após ela descobrir que ele tinha um caso com a empregada doméstica da família e pedir o divórcio. O homem não aceitou, matou a esposa e alegou que ela foi morta em um assalto – que nunca ocorreu. Após o crime, ele se casou com a ex-funcionária e os dois estão juntos até hoje.

“Foram mais de três meses de investigação para chegar à verdade. Nós desconfiávamos que não era a versão que ele contava. Então, após muitos anos, reunimos os irmãos e decidimos por nossa conta fazer um relato dos fatos”, disse um dos filho de Pierina.

A assessoria da Polícia Civil de Lucas do Rio Verde confirmou o registro da ocorrência e informou que o pai confessou o crime na frente dos filhos, no último sábado (18).

Apesar da denúncia e da confissão, a legislação estipula que o crime de homicídio está prescrito e que não houve ocultação de cadáver, ainda de acordo com o comunicado. A ocorrência será encaminhada à Polícia Civil de Santa Catarina, que decidirá sobre eventual abertura de investigação.

EAD UNIJUÍ

31 de julho de 2019
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados
Skip to content