Hamilton é pole position com recorde no GP da Austrália – NoroesteOnline.com

Hamilton é pole position com recorde no GP da Austrália

16 de março de 2019
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Ferrari fez bonito nos testes? Pois Lewis Hamilton trucidou os vermelhos da Ferrari com uma pole-position a mais de meio segundo de Sebastian Vettel, neste sábado. A Mercedes superou as dificuldades de acerto e mostrou um carro impecável em todos os setores. O pentacampeão bateu o recorde da pista com 1min20s598. Valtteri Bottas ficou em segundo, ainda muito longe de Vettel, o terceiro com apenas 1min21s a sete décimos dos líderes. Será um longo ano se os italianos não responderem muito rápido.

E eles ainda viram Charles Leclerc perder o quarto lugar na segunda fila. Max Verstappen inventou uma volta com a Red Bull-Honda e assumiu a vaga. A Haas deixou sua marca com o sexto lugar de Romain Grosjean e Kevin Magnussen em sétimo. Lando Norris fez bom papel para a McLaren nem ter tanta saudade de Fernando Alonso, com o oitavo lugar. Superou a mais cotada Alfa-Romeo, deixando Kimi Raikkonen em nono – Kimidera mostrar como que faz para o Leclerc – à frente do lutador Sérgio Perez.

A primeira grande surpresa entre os degolados foi Pierre Gasly. Depois de uma pré-temporada com acidentes, o francês tomou um balde de água fria ao parar no Q1, enquanto Max Verstappen mostrou a Red Bull sobrando no top ten. Outra vítima do cronômetro foi Carlos Sainz com a McLaren. Ele reclamou perder tempo com o furo de pneu de Robert Kubica na sua frente, mas ficou aquela sensação de que um outro espanhol estaria mais rápido…

Protocolar foi a dificuldade de Lance Stroll de passar ao Q2 com a Racing Point, enquanto Perez chegaria ao Q3. Por fim, George Russell mostrou a Williams nem tão longe assim, em penúltimo mas a um segundo de lutar pelo Q2. Robert Kubica foi abaixo da crítica, raspando no muro e estragando o pneu, fechando a quatro segundos dos ponteiros.

No Q2, as Renault ficaram chupando o dedo quando Sérgio Perez e Lando Norris se enfiaram no top ten. Sobraram Nico Hulkenberg e Daniel Ricciardo como os primeiros fora da briga da pole. Alex Albon e Daniil Kvyat ficaram mais ou menos onde esperavam com as Toro Rosso. Antonio Giovinazzi é que desapontou com o bom carro da Alfa-Romeo, apenas em décimo quarto. Kimi Raikkonen entrou com folga no Q3, assim como as duas Haas, de Kevin Magnussen e Grosjean.

Acabou o papo dos testes e os prateados inverteram a disputa com requintes de crueldade. Vettel esperava lutar pela pole com folga e agora terá de lutar muito para perseguir Hamilton lá na frente. O ano começa com cheirinho de hexa, mas muito ainda a acontecer.

Pós-Graduação Unijuí

3 de dezembro de 2018
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados
Skip to content