Os desafios dos pais com bebês e crianças na quarentena – NoroesteOnline.com

Os desafios dos pais com bebês e crianças na quarentena

9 de julho de 2020
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Educar uma criança já é difícil por si só. Somando isso ao peso de estar em isolamento social, os desafios se multiplicam e fica mais complicado para os pais lidarem com os pequenos, que também sofrem diretamente os impactos de uma quarentena.

Se para um adulto já é difícil administrar esses sentimentos, pode acreditar que uma criança também sofre com estresse, ansiedade e tristeza por estar longe dos familiares, da natureza e amiguinhos da escola.

Criança gosta de rotina, e a quarentena desmoronou tudo que vinha sendo construído com os pequenos ao longo dos meses ou anos. Pais assumem seus papéis em tempo integral, sem poder contar com cuidadores ou escola. Ainda precisam dar conta das tarefas domésticas e exercer seu trabalho em home office.

Reunimos três grandes desafios que os pais vêm enfrentando com bebês e crianças, trazendo possíveis soluções para auxiliar esse período ficar mais tranquilo com os pequenos.

Atividade ou aula on-line

Não importa a idade da criança, se ela já frequenta creche ou escola, o ano letivo não foi cancelado. Seja pública ou particular, as atividades chegam para que os pais executam com seus filhos diariamente. O que a maioria dos pais vêm relatando é que as crianças apresentam muita resistência para participar dessas aulas ou atividades.

Na tentativa de ajustar isso, os pais precisam organizar a rotina dos pequenos, adaptada à pandemia. A criança precisa entender a sequência de acontecimentos, isso reduz seus níveis de estresse, segundo a psicóloga infantil do GuiaDeBemEstar, Sofia Vargas. Portanto, realizar as atividades sempre no mesmo momento do dia pode facilitar a aceitação. Seja após o café da manhã, ou antes do banho no fim da tarde, explique para a criança essa nova rotina e siga essa sequência diariamente.

Ter um cantinho preparado para realizar a atividade também pode auxiliar. E claro, sempre converse com amor, respeitando os sentimentos do seu filho e seja paciente nesse momento que é delicado também para eles.

Telas

Muito se fala sobre os prejuízos do excesso de uso de telas por crianças. Mas não se pode negar que tablets, computadores e celulares vêm sendo grandes aliados dos pais que precisam trabalhar, cozinhar e limpar a casa sem nenhum tipo de ajuda – isso com os pequenos em casa o dia todo. Porém, é preciso encontrar um equilíbrio.

Lembra da rotina? Que tal estabelecer um momento do dia, assim como o estudo para encaixar o uso das telas? Tomar café da manhã, realizar as atividades e depois usar a tela por um período determinado pode ser uma sugestão de rotina a ser inserida na sua casa. Claro, nessa situação de pandemia, e dependendo da idade da criança, você pode até mesmo permitir o uso de tela em mais momentos do dia.

Outra dica que pode auxiliar é aumentar a oferta de brinquedos “off-line” e atividades e também permitir um pouco de bagunça espalhada pela casa.

Sono

Com todas essas novas adaptações, é possível que o sono das crianças também sofra mudanças durante o isolamento. Um sono de qualidade depende do sucesso das dicas anteriores, especialmente da redução do uso de telas.

Por não ter a obrigação de levantar e ir para a creche ou escola, elas acabam dormindo e acordando mais tarde. Mas não se preocupe muito, isso não é um problema para a saúde, desde que durmam a quantidade de horas suficientes e até as 21 horas.

Ter um pouco de flexibilidade e mais tempo com seus filhos pode ser uma alternativa. Uma rotina do sono (janta, banho, pijama, leitura e cama) também pode ser um excelente aliado para desacelerar os pequenos e prepará-los para dormir.

Tente buscar um equilíbrio entre permitir que eles vão para cama um pouco mais tarde que o habitual, mas não tão tarde a ponto de bagunçar com toda a rotina familiar. Afinal, quando eles dormem é o momento que os pais têm mais tempo para si e outras atividades.

Fonte: O Sul

EaD UNIJUÍ – 100% a distância

12 de maio de 2020
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados
Skip to content