Casal de Santo Ângelo que viajou a América de Kombi retorna ao Brasil – NoroesteOnline.com

Casal de Santo Ângelo que viajou a América de Kombi retorna ao Brasil

20 de agosto de 2018
Compartilhar
  • 472
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    472
    Shares

Em março deste ano, o casal santo-angelense Vanessa Kapper, 26 anos e Lorenzo Rousselet Marques, 32 anos, decidiram fazer uma viagem de seis meses pela América do Sul. Mas não seria uma simples viagem passando pela Argentina, Chile, Peru, Bolívia e Equador e retornando ao Brasil pelo centro-oeste. Tudo isso está sendo feito com uma velha kombi, por estradas de asfalto, de pedra, de chão batido, onde der pra rodar com a Volkswagem. Para desfrutar de toda essa paisagem e de cada pedacinho de chão sul americano o casal escolheu viajar com akombi de 1994, batizada de Madalena, que foi totalmente adaptada para as necessidades do casal.

A expedição foi batizada “Por Aí de Kombi”, que ganhou página no facebook e está sendo seguida por milhares de pessoas de diversos países que acompanham a viagem do casal. De acordo com o casal a ideia surgiu pelo fato de ambos serem apaixonados por viagens e fazer esta viagem longa, que vai durar cerca de meio ano, seria só um degrau a mais para subir. A escolha da clássica Kombi se deu pelo fato da van ser um carro fácil de adaptação e popular, que permite acomodar facilmente tudo o que irão precisar durante a viagem. O veículo, que foi adquirido na cidade de Santa Rosa, levou cerca de 50 dias para ficar pronto com todas as adaptações e além da mão de obra do próprio casa, amigos também ajudaram no projeto. “A Kombi serve de casa. Temos nela toda a estrutura que precisamos para ficar longos períodos da estrada. Podemos dormir, comer e tomar banho. Ampliamos a parte inteira, instalamos um banco-cama, armários com pia e fogão. Estrutura para chuveiro de camping, toldo, bagageiro, step na frente. Compartilhamos toda a evolução do projeto com fotos e vídeos em nosso Instagram poraidekombi”, explicou Vanessa.

A viagem iniciou na quinta-feira, 1º de março com partida da Capital das Missões. “Faremos uma volta pela América do Sul. Saímos em direção à Argentina, passamos por Ituzango, Corrientes, Salta; Subiremos passando pelo Chile, Peru e Bolívia, visitando lugares como: Deserto do Atacama, Salar Uyuni, Lago Titicaca, Machu Picchu. Entramos novamente no Brasil pelo Acre onde iremos até Brasília, passaremos pela Chapada dos Veadeiros e Jalapão. Então seguiremos para Belém e faremos todo o litoral nordestino até Paraty no RJ. Serão mais de 100 cidades, e em média 6 meses totalizando mais de 20 mil quilômetros rodados”, finalizou Vanessa.

A viajem com a velha kombi rendeu muitas histórias ao casal. Por algumas vezes a van com 24 anos de idade estragou, o que não estava nos planos dos viajantes e fez com que o casal modificassem alguns de seus roteiros. Na semana passada o casal deu entrada novamente no Brasil, após passar pela Patagônia, pelos Andes e tantos outros pontos turísticos da América do Sul.

“Mais um vez levamos um tapa na cara por sermos surpreendidos com os lugares que menos esperamos. O Acre existe sim e é quente e maravilhoso! Repleto de pessoas bondosas que estão vivendo em meio a uma guerra da qual não gostariam de fazer parte. No fim, a Madalena (como o casal chama a Kombi) escolheu um bom lugar para ficar doente, ela provavelmente sabe das coisas melhor do que todos nós e agora segue muito mais forte”, escreveu Vanessa, em sua página, logo ao retornar ao Brasil. Agora, o casal segue sua viagem pelo Brasil, após ter percorrido mais de 16 mil quilômetros nas estradas de asfalto e chão batido dos países vizinhos.

00

 

 

Pós-Graduação Unijuí

3 de dezembro de 2018
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados
Skip to content