Cresce a venda de celulares com o avanço do 5G no Brasil - NoroesteOnline.comNoroesteOnline.com ">

Cresce a venda de celulares com o avanço do 5G no Brasil

18 de agosto de 2022

O avanço da cobertura da internet de quinta geração está impulsionando as vendas no varejo de smartphones compatíveis com o 5G. A participação dos modelos dessa geração nas vendas totais de celulares aumentou de 6% para 17% em volume.

Como são produtos de preço unitário maior, a participação no faturamento do mercado em agosto cresceu 33%. Os dados são da empresa de pesquisas GfK. Segundo o levantamento, o preço médio dos smartphones caiu 30% entre a primeira semana de janeiro e o início deste mês.

Na terça-feira (16), as redes 5G foram ativadas em Curitiba, Goiânia e Salvador. Desde o dia 6 de julho, quando a internet móvel de alta velocidade estreou em Brasília, até agora está presente em bairros de oito capitais brasileiras.

De acordo com levantamento feito na rede Fast Shop, as vendas de smartphones 5G dobraram no segundo trimestre, em relação ao mesmo período do ano passado, e se intensificaram com a chegada da tecnologia a São Paulo. A plataforma Mercado Livre informou ter vendido dez vezes mais celulares com a tecnologia entre janeiro e julho deste ano, do que em todo 2021.

Na avaliação de Fernando Baialuna, diretor de varejo da GfK, a chegada das redes 5G é um estímulo à troca de aparelhos 4G por modelos intermediários pelo consumidor, em um mercado de smartphones amadurecido como o brasileiro, mas é um movimento de demanda “que ainda tem um longo caminho pela frente”, disse.

Avanço

“As operadoras estão indo muito além (na instalação de antenas) do que foi obrigatório no leilão das frequências”, ressaltou o ministro das Comunicações, Fábio Faria.

O maior exemplo é a cidade de São Paulo, que deveria receber em torno de 370 antenas até o fim deste ano, mas já tem 1,5 mil pontos instalados ou em fase de instalação. “Para cobrir São Paulo inteira serão necessárias 3,2 mil antenas. Então, só neste ano teremos metade de São Paulo conectada”, destacou.

Situação semelhante é vista nas outras capitais onde o 5G já começou a ser ativado, de acordo com balanço apresentado pelo ministro na semana passada.

Em Brasília, a meta era de 93 antenas, mas o número já chegou a 333. Em Belo Horizonte, já são 158 antenas, enquanto o mínimo eram 78. Em Porto Alegre, são 111 ante 45. E em João Pessoa, 51 ante 27.

Fonte: O Sul

Pós-Graduação Unijuí – Para quem reinventa o amanhã

29 de março de 2022
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados