“O momento do São Luiz é maravilhoso”, disse Maicon durante em entrevista – NoroesteOnline.com

“O momento do São Luiz é maravilhoso”, disse Maicon durante em entrevista

13 de março de 2019
Compartilhar
  • 82
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    82
    Shares

Maicon Vinícius Campagnolo, 26 anos, natural de Eldorado no Mato Grosso Sul, lateral direito, ou simplesmente Maicon, como é conhecido em Ijuí, titular da camisa 2 do São Luiz há três anos, sendo um dos mais importantes jogadores do clube nas últimas temporadas concedeu uma entrevista exclusiva ao Portal Noroeste Online, um dia após a grande vitória em cima do Brasil, em Pelotas, que levou o São Luiz a 4ª colocação no Gauchão.

O jogador ressaltou ainda que o time está encaixado e pode ir mais longe e que um dos seus sonhos pessoais é poder jogar o Campeonato Brasileiro das Séries A ou B. Confira na entrevista abaixo:

Noroeste Online: Você esteve na Divisão de Acesso, no ano passado, na volta do S.Luiz para elite e agora onde o São Luiz já alcançou na nona rodada a mesma pontuação do certame todo do ano passado. Como você avalia este momento do São Luiz?

Maicon: Fico feliz de criar bons laços dentro do clube né, ser lembrado positivamente é muito importante pra carreira de um atleta, se estou aqui pela terceira vez, vejo que venho correspondendo aquilo que esperam de mim. O momento do time é maravilhoso não podemos negar, vitórias consideráveis fora de casa contra Juventude e Brasil de Pelotas, clubes de expressão no cenário nacional, acredito que isso amadurece o São Luiz como equipe, é assim tem que ser, manter a humildade e saber que não conquistamos exatamente nada, pois pra um grupo que vem desenvolvendo esse futebol, apenas não cair é muito pouco, que esse momento sirva de crescimento e não acomodação para todos nós!

NO: O São Luiz começou com empates e derrotas, mas boas apresentações, faltava o gol. Nos últimos dois jogos, foram 7 gols marcados. O que acontecia no início do campeonato que a bola não entrava?

Maicon: Os trabalhos do Paulo Henrique Marques desde quando comecei a trabalhar com ele é o mesmo, ele trabalha a equipe em um padrão, jogue em casa ou fora isso se mantém, por isso a equipe é bem regular em termos de rendimento e produtividade, vai ter sim momentos ruins e mais difíceis, do outro lado também existe um trabalho e são 11 contra 11 lá dentro, normal ter uma dificuldade a mais contra uma e outra equipe, sobre os gols eu vejo assim, a equipe é montada 60 dias antes da competição, aí pega o setor ofensivo e veja quem ali já jogou com o outro e já se conhecia, então a gente o mais rápido possível tenta se conhecer e adaptar aos companheiros, talvez agora tenha demorado um pouco mais que em outros momentos, e o resultado em si ajuda muito pra nos dar confiança, como não vinha acontecendo no início e ficamos em um lugar ruim na tabela, talvez atrapalhou um pouco, pois cria aquele receio as vezes do erro onde tira um pouco a confiança.

NO: Após a terceira temporada como lateral do São Luiz, vai voltar ano que vem?

Maicon: Eu desde quando cheguei aqui fui muito bem acolhido , como eu disse, é muito importante você ter boas passagens pelo clube, deixar o seu melhor e ver que o seu melhor deu um bom resultado e retorno ao clube, me sinto muito a vontade e feliz aqui pra fazer o que Amo! E futebol depende muito das coisas andarem certas fora de campo, pois com certeza refletem lá dentro, e aqui sempre foram muito corretos, isso dá tranquilidade para apenas fazermos nosso melhor no dia-a-dia em busca de crescimento individual e como equipe. Sobre voltar é algo que a gente nunca sabe né, eu tenho sonhos, sonho de jogar uma série A ou B de brasileiro, e busco isso a cada dia, me dedicando pra me aprimorar e chegar no melhor de mim em todos os jogos, mas se tiver a oportunidade de voltar, virei com muito prazer!

NO: O São Luiz de hoje, tem chance de repetir a campanha de 2013, quando foi campeão do Interior e conquistou vaga na Copa do Brasil?

Maicon: Como eu disse, manter a humildade, saber que ainda não conquistamos nada, já enfrentamos todas as equipe e vimos que o nível é muito igual, hoje fora o Grêmio que está notavelmente acima de todas as outras, é muito igual o nível, sabemos que temos condições sim de ir longe, mas futebol é futebol, nem sempre dá a lógica, nem sempre o melhor vence, não existe uma lógica exata, só acredito e insisto que temos que manter nossa humildade e pés no chão sabendo que não ganhamos nada, sobre sabermos que podemos ir longe, isso a gente vem demonstrando nos jogos nossa força , agora temos que continuar trabalhando como a gente vem fazendo desde novembro para colhermos coisas ainda maior. E, com certeza, o objetivo do clube é pegar vaga em campeonatos nacionais, copa do Brasil e série D .

Fotos: Paulo Martins

Pós-Graduação Unijuí

3 de dezembro de 2018
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados
Skip to content