Presos estelionatários do ramo imobiliário que causaram prejuízos de mais de 1 milhão de reais no RS – NoroesteOnline.com

Presos estelionatários do ramo imobiliário que causaram prejuízos de mais de 1 milhão de reais no RS

26 de junho de 2018
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta terça-feira (26), a Operação Apate para combater ações de estelionatários do ramo imobiliário que lesaram pessoas com a ilusão da casa própria. Foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão em Santa Maria e Porto Alegre. Dois criminosos foram presos.

Segundo o delegado Antônio Firmino de Freitas Neto, os integrantes da associação criminosa de estelionatários começavam a construção de condomínios, apresentavam uma casa pronta e mobiliada aos interessados, vendiam os empreendimentos e não os entregavam. Com a fraude, o grupo tinha a intenção de arrecadar mais de R$ 100 milhões.

Segundo a polícia, já foi apurado prejuízo superior a R$ 1 milhão às vítimas. Na Capital, em poder do presidente de uma empresa, foi apreendida uma pistola calibre .380, municiada com 13 cartuchos, e mais dois carregadores. Também foi apreendido um Jeep Renegade.

Um dos membros da empresa foi preso por porte de maconha. Em Santa Maria, foram apreendidos documentos e computadores que provam a existência dos crimes de formação de quadrilha e estelionato.

Charqueadas

Na manhã desta terça-feira, a Polícia Civil prendeu dois homens por corrupção passiva e corrupção ativa em Charqueadas. De acordo com o delegado Marco Schalmes, um dos indivíduos preso é técnico de enfermagem e teria entregado celulares para um detento. “No dia 22 de maio deste ano, o técnico foi flagrado com cinco aparelhos celulares escondidos em sua roupa, logo após realizar atendimento a um preso da Penitenciária Estadual de Charqueadas”, relatou o delegado.

Durante as investigações, foi constatado que, dias antes, o preso ofereceu R$ 5 mil reais para que o técnico levasse os aparelhos para ele. “Além dos celulares que estavam com o técnico após o atendimento, cinco deles já haviam sido entregues ao preso”, explicou o delegado.

Vestibular de Verão 2019 UNIJUÍ

9 de outubro de 2018
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados
Skip to content