Vendas de veículos novos no Brasil registram queda de 26% em 2020 - NoroesteOnline.comNoroesteOnline.com

Vendas de veículos novos no Brasil registram queda de 26% em 2020

5 de janeiro de 2021

As vendas de veículos novos no Brasil caíram 26,16% em 2020, segundo dados divulgados nesta terça-feira (05) pela Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores). Essa foi a primeira queda nas vendas em quatro anos, reflexo da pandemia do coronavírus.

Foram emplacados no ano passado 2.058.315 automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus, o menor número desde 2016 (2.050.240 unidades). Em 2019, foram vendidas 2.787.618 unidades.

Para o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior, a queda em 2020 foi menor do que a esperada, e o resultado só não foi melhor pelos problemas com falta de peças e componentes enfrentados pelas fabricantes.

“Os principais fatores que influenciaram nessa melhora, principalmente a partir do segundo semestre, foram a manutenção da taxa de juros em um patamar baixo e o auxílio emergencial, oferecido pelo governo federal, que colaboraram para o aquecimento do comércio e para a baixa inadimplência”, disse Alarico.

Dezembro

Com o retorno pleno do funcionamento das atividades econômicas, dezembro registrou as maiores vendas do ano, com 194.679 veículos emplacados e crescimento de 8,43%. O melhor resultado anterior havia sido o de novembro, com 177.561 unidades.

Ônibus puxaram queda no ano

Entre os segmentos, os ônibus foram os mais afetados pela queda nas vendas, com retração de 33% em 2020. Depois deles, os automóveis tiveram a maior variação negativa. Foram 1,16 milhão em 2020, contra 2,26 milhões em 2019, redução de 28,57%.

Por outro lado, com o mercado aquecido, os caminhões registraram a menor redução nas vendas, com 12,31%.

Chevrolet na liderança

A Chevrolet fechou 2020 na liderança, com 17,35% do mercado brasileiro de automóveis e comerciais leves. A posição é puxada pelo Onix, modelo mais vendido no Brasil pelo sexto ano seguido. Em segundo lugar, está a Volkswagen, com 16,8%, seguida da Fiat, com 16,5%.

Projeções para 2021

A Fenabrave espera um crescimento gradual das vendas para este ano, projetando uma alta de 16% para automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus sobre os resultados de 2020. As previsões se baseiam na expectativa de crescimento do PIB e na retomada da economia.

Fonte: O Sul

Vestibular Verão 2021 Unijuí

23 de outubro de 2020
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados