À espera do Campeonato Gaúcho: como estão as situações dos times do Norte e Noroeste do RS – NoroesteOnline.com

À espera do Campeonato Gaúcho: como estão as situações dos times do Norte e Noroeste do RS

4 de junho de 2020
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O mês de junho se inicia gerando mais expectativas sobre o retorno do Campeonato Gaúcho, previsto para meados de julho e início de agosto. Seguindo a série de matérias especiais sobre a situação dos clubes à espera do Gauchão, o portal O Sul apresenta a seguir, a realidade dos clubes do Norte do Estado: São Luiz, de Ijuí, e Ypiranga, de Erechim.

Ypiranga

Campeão do Acesso, o time de Erechim passa por reformulações. Foto: (Divulgação/Giramundos)

Com a pandemia do novo coronavírus, o Ypiranga foi mais um time que precisou apertar o cinto. O canarinho de Erechim retornou à disputa do Estadual após ser Campeão da Divisão do Acesso, no ano passado. Mesmo com um orçamento considerado enxuto, a direção precisou de uma nova adaptação.

“Tivemos uma redução de 50% nas nossas receitas. O que traz, claro, uma série de problemas. Em função disso, negociamos com nossos credores, fornecedores, e também com o grupo de atletas”, afirmou o presidente Adilson Stankiewickz.

Com contratos firmados até outubro, o clube não precisou realizar dispensar jogadores em virtude da participação da Série C do Campeonato Brasileiro. Mas os atletas ainda não retomaram às atividades. O Ypiranga também espera e torce para que a Federação Gaúcha de Futebol (FGF) defina oficialmente a data de retorno dos jogos.

Para facilitar a definição da competição, o clube de Erechim já se prontificou em aceitar uma possível condição, que ainda está sendo debatida: sedes podem ser escolhidas para a realização das rodadas restantes.

“Nós não teríamos nenhum problema em jogar em uma ou duas sedes. Isso já foi comentado e discutido também. Pode ser que lá na frente, as regiões podem estar em outras bandeiras. Por exemplo, Porto Alegre, Caxias, teriam condições de sediar os jogos desta fase”, destacou o mandatário.

São Luiz

Com a parada do Gauchão, o São Luiz precisou reduzir o elenco que começou o Campeonato Gaúcho. Foto: (Divulgação/E.C.São Luiz)

O clube do Noroeste do Estado também tem calendário nacional, mas está na Série D do Brasileirão. Um campeonato com a primeira fase mais curta, o que obrigou a equipe a reduzir o elenco que começou o Campeonato Gaúcho.

“Liberamos 15 jogadores que haviam sido contratados para a defender as cores da equipe no Estadual. Ainda temos nove jogadores que foram contratados para a Série C”, revelou o presidente Pedro Pitol em entrevista. Sem plantel definido, o São Luiz ainda não tem data para voltar a treinar.

O time de Ijuí sofre com a mesma falta de definição que outros clubes do interior já relataram: a falta de uma data específica para a bola voltar a rolar pelo Gauchão: “Quando nós tivermos um sinal que iremos começar o Campeonato Gaúcho, devemos voltar antes de pelo menos 15 ou 20 dias”, declarou Pitol.

Fonte: O Sul

EaD UNIJUÍ – 100% a distância

12 de maio de 2020
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados
Skip to content