Avião ucraniano com 176 pessoas a bordo pegou fogo e voltava para o aeroporto de Teerã quando caiu - NoroesteOnline.comNoroesteOnline.com ">

Avião ucraniano com 176 pessoas a bordo pegou fogo e voltava para o aeroporto de Teerã quando caiu

9 de janeiro de 2020

O avião ucraniano que caiu no Irã com 176 pessoas a bordo na quarta-feira (08) voltava para o aeroporto de Teerã quando sofreu o acidente, após ter sido detectado um problema na aeronave, afirma um relatório inicial da Organização da Aviação Civil iraniana divulgado nesta quinta-feira (09). Testemunhas disseram que o Boeing 737 pegou fogo antes de cair. Ninguém sobreviveu.

“O avião, que se dirigia, a princípio, para o oeste para sair da zona do aeroporto, girou para a direita, devido a um problema e estava no caminho de regresso ao aeroporto quando caiu”, explicou o órgão.

As testemunhas que relataram o incêndio no avião acompanharam a decolagem do mesmo ou estavam em outra aeronave que voava a maior altitude do que o Boeing no momento da tragédia.

O voo 752, da Ukraine International Airlines, partiu às 6h12min (horário local) de quarta, com quase uma hora de atraso, do aeroporto Imam Khomeini, em Teerã, e tinha como destino o aeroporto internacional Boryspil, em Kiev, na Ucrânia.

Míssil russo

A Ucrânia participa das investigações do acidente. O secretário do Conselho de Segurança Nacional ucraniano, Oleksiy Danylov, informou que os investigadores do seu país querem buscar possíveis destroços de um míssil russo no local do acidente depois de verem informações na internet.

Os ucranianos investigam também a possibilidade de o avião ter colidido contra um drone ou outro objeto voador e problemas técnicos provocados por explosão ou ação terrorista dentro da aeronave.

Fonte: O Sul

Pós-Graduação Unijuí – Para quem reinventa o amanhã

29 de março de 2022
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados