Crimes ambientais são registrados em Ajuricaba - NoroesteOnline.comNoroesteOnline.com ">

Crimes ambientais são registrados em Ajuricaba

13 de janeiro de 2022

Nos últimos meses tem sido corriqueiro a presença da Patrulha Ambiental de Cruz Alta no município de Ajuricaba.

Conforme o Tenente Leonardo Comandante de Ajuricaba, a incidência de crimes ambientais tem surpreendido as autoridades. O período de entre safra, colheita do trigo e plantio da nova cultura, especificamente a soja, marca a ocorrência desses crimes.

Com o intuito de ampliar a área de plantio, muitos produtores acabam cometendo crimes ambiental, dentre eles a derrubada de árvores, drenagem de banhados e até mesmo contaminação de nascentes.
Conforme a legislação ambiental, Lei 9.605 de 12 de fevereiro de 1998, a pessoa flagrada cometendo crime ambiental, será responsabilizada civil e criminalmente, ou seja, com multa pecuniária e processo crime, com previsão de detenção.

Nos últimos dias, após denúncias anônimas, foram fiscalizadas mais de dez propriedades rurais, e em sua totalidade confirmado algum tipo de crime ambiental.
Verifica-se no município, baixa incidência de mata nativa, e desprezo pelo cuidado as matas ciliares de nossos rios e riachos. O que se pede é a consciência dos proprietários de áreas rurais no sentido de preservar o pouco que resta.
É sabido que as áreas de plantio ampliadas em detrimento de crimes ambiental, não significam aumento substancial de produtividade, no entanto, se preservar estas áreas, estaremos cuidando da água, além da sobrevivência da fauna, que também desempenha papel importante na cadeia produtiva.

A BRIGADA MILITAR continua trabalhando diuturnamente no combate ao crime, em prol da comunidade.

Vestibular Unijuí 2022

14 de outubro de 2021
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados