Detran-RS adota novas medidas para minimizar os impactos da pandemia nos exames de habilitação – NoroesteOnline.com

Detran-RS adota novas medidas para minimizar os impactos da pandemia nos exames de habilitação

21 de setembro de 2020
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Detran-RS (Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Sul) informou que, neste cenário atípico de pandemia de coronavírus, trata com prioridade a aplicação dos exames teóricos e práticos do processo de habilitação de condutores.

Diante da necessidade de atendimento da população, algumas medidas foram adotadas pelo órgão, mas, ainda assim, houve acúmulo no volume de exames. Há cerca de 103 mil candidatos com processo de habilitação em andamento e que concluíram a fase das aulas, 43 mil em condições de fazer a prova teórica e 60 mil, a prática.

“Para manter os atendimentos da melhor forma possível, priorizando sempre a preservação da saúde de todos, sejam profissionais envolvidos no processo de habilitação ou candidatos, o Detran-RS instituirá, na primeira quinzena de outubro, uma força-tarefa de provas práticas, com previsão de atuação por 90 dias”, afirmou a autarquia.

Nesse período, servidores do quadro que atuam em atividades internas, mas que têm formação para exercício de examinador de trânsito, serão remanejados para a função, aumentando a capacidade de atendimento para as provas. A expectativa é de que, com a força-tarefa, a oferta de vagas seja ampliada em todo o Estado.

As provas práticas ocorrem regularmente no RS com restrições e rígidos protocolos de higienização e segurança (que continuarão a ser observados enquanto perdurarem os efeitos da pandemia). Cada um dos 266 CFCs (Centros de Formação de Condutores) tem suas datas, horários e locais de prova preestabelecidos pelo Detran-RS. Assim, os examinadores do órgão vão até o local atender os candidatos previamente agendados pelo CFC, respeitadas as vagas disponibilizadas pela autarquia.

Mesmo adotando esse agendamento, existe um fator que é imprevisível e que pode ocasionar cancelamentos de exames sem aviso antecipado: a constatação de sintomas em examinadores, o que ocasiona, de imediato, o afastamento da atividade para testagem e, caso positivo, quarentena para tratamento.

Sobre o prazo para que o candidato conclua seu processo de habilitação, foi estendido de 12 para 18 meses, a contar da data de abertura, conforme definição do Contran (Conselho Nacional de Trânsito).

Diante da situação de represamento de candidatos, o Detran-RS solicitou nova prorrogação do prazo de validade do processo de primeira habilitação, para que não haja ainda mais prejuízos aos candidatos.

A recomendação para quem aguarda agendamento de exames é manter contato com o CFC para acompanhar a disponibilidade de vagas. Recomenda-se também acessar o site do Detran-RS.

EaD UNIJUÍ – 100% a distância

12 de maio de 2020
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados
Skip to content