Expectativa é de comércio aquecido no Natal, mesmo em tempos de pandemia - NoroesteOnline.comNoroesteOnline.com ">

Expectativa é de comércio aquecido no Natal, mesmo em tempos de pandemia

28 de novembro de 2020

Legenda: Muitas pessoas vão apostar na compra on-line / Autor: Lucie Liz / Fonte: Pexels

 

Faltando menos de um mês para o Natal,  já é possível ver as lojas decoradas para essa festividade. O mês de dezembro é um dos mais esperados pelos varejistas, já que o Natal é uma das datas que mais movimenta o comércio. Mesmo com tantas incertezas em um ano totalmente atípico, a expectativa é que o faturamento continue crescendo mesmo nesse período.

 

Essa esperança é justificada pelo crescimento consecutivo de vendas que o comércio vem apresentando nos últimos meses. Isso indica que as pessoas estão superando a crise e voltando a consumir dentro das suas necessidades. Com o décimo terceiro salário, o auxílio emergencial e o FGTS, o esperado é que o Natal movimente pelo menos o mesmo volume de vendas em relação ao mesmo período de 2019.

 

Se a expectativa se confirmar, o comércio passará por um bom momento para se reerguer dos impactos causados pelos primeiros meses de isolamento social. Embora os comerciantes estejam esperançosos, também estão agindo com cautela em relação aos investimentos e estoques.

 

Com comportamento receoso por conta da crise causada pelo Covid, consumidores têm buscado os melhores preços na compra dos presentes de Natal. Para atrair a atenção de quem compra, lojistas devem lançar promoções, condições de pagamento facilitadas ou ainda bons descontos para compras antecipadas, por exemplo. Dessa forma, cliente e comerciante saem ganhando.

 

Uma aposta desse ano é que as vendas on-line subam nesse período. Uma pesquisa da Teads que entrevistou 1800 pessoas revelou que 82% pretendem comprar presentes de Natal, sendo que 21% farão suas escolhas apenas pela internet. Um diferencial dos e-commerces pode ser a oferta de frete grátis nesse período, assim como boas promoções.

 

Dados repassados ao Noroeste Online pelo portal ReviewBox, site de análise de produtos variados, mostram que um dos setores que estará mais aquecido neste ano é o do vestuário. O desejo por roupas novas para passar essas datas deve movimentar o setor. Além do mais, roupas também devem estar entre as opções de presente. Produtos de beleza, utensílios domésticos, eletrônicos e alimentos e bebidas também estão entre os mercados mais aquecidos.

 

Ainda, nesse período, sobem as contratações de trabalhadores temporários. A previsão é de que mais de 70 mil pessoas consigam uma vaga neste fim de ano. Embora isso represente uma queda de 19% em relação ao ano passado, é uma boa oportunidade para reduzir o desemprego e um momento de superação da crise para todos. Algumas dessas contratações temporárias podem virar um emprego fixo com a virada do ano.

 

Vestibular Verão 2021 Unijuí

23 de outubro de 2020
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados