Mais de 13 toneladas de alimentos já foram entregues pelo Estado a idosos – NoroesteOnline.com

Mais de 13 toneladas de alimentos já foram entregues pelo Estado a idosos

30 de junho de 2020
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Desde 16 de abril, uma ação solidária da Secretaria de Trabalho e Assistência Social (Stas) está cada vez mais empenhada em amenizar a situação de mais de 50 idosos que estão em situação de vulnerabilidade e risco social no Rio Grande do Sul. Até a última sexta-feira (26/6), foram distribuídas 462 cestas básicas e, ao todo, já foram entregues 13,8 toneladas de alimentos a famílias de Canoas, Gravataí, Porto Alegre e Viamão, cadastradas no programa de assistência alimentar Prato para Todos. Os idosos estão em isolamento social por causa da pandemia de Covid-19 e receberão os kits de alimentação em suas casas por até seis meses ou enquanto durar a pandemia.

A ação é realizada em parceria com Centrais de Abastecimento do Rio Grande do Sul (Ceasa/RS), Ação da Cidadania RS, Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional do Rio Grande do Sul (Consea/RS) e Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr).

As sacolas são montadas com alimentos não perecíveis (arroz, feijão, farinha de milho, açúcar, massa e óleo de soja) e hortifrutigranjeiros (tomate, pimentão, alface, chuchu, vagem, pepino cenoura, repolho, rúcula, tempero verde, bergamota e mamão). A entrega das cestas básicas ocorre até três vezes por semana, preferencialmente nas quartas, quintas e sextas-feiras.

Segundo a secretária de Trabalho e Assistência Social, Regina Becker, a iniciativa permite que os kits cheguem aos idosos que mais precisam e também reforça a importância desse público permanecer em casa. “É um ato de solidariedade que só é possível graças a esforços conjuntos, mantendo os idosos protegidos pelo isolamento”, afirma.

A Stas acompanha a ação por meio do Departamento de Projetos Estratégicos/Divisão de Segurança Alimentar em consonância com o Departamento de Assistência Social. De acordo com a nutricionista e chefe de divisão de segurança alimentar e nutricional da Stas, Alessandra Gomes, a ação é de grande importância na vida desses idosos, uma vez que um dos objetivos é levar alimento de qualidade a quem mais precisa em um momento de grande dificuldade. “Estamos preservando a vida desses idosos e também garantindo complementação na sua alimentação diária com alimentos saudáveis”, destaca.

A coordenadora estadual da Ação Cidadania RS, Melissa Bargmann, confirma que a iniciativa vem sendo bem-aceita pelos idosos. “A ação também possibilita ampliar com alimentos não perecíveis as doações de perecíveis que já são feitas sistematicamente pelo Banco de Alimentos”, salienta.

O presidente da Ceasa/RS, Ailton dos Santos Machado, reforça a importância da parceria com a Stas no projeto, que busca suprir a necessidade alimentar de pessoas do grupo de risco. “A logística implantada permite a entrega semanal de itens da cesta básica e de kits de hortifrutigranjeiros nas casas dos beneficiados, um auxílio importante por serem pessoas idosas que precisam, mais do que nunca, de alimentos para fortalecer a imunidade”, diz.

Texto: Carolina Zeni/Ascom Stas
Edição: Secom

EaD UNIJUÍ – 100% a distância

12 de maio de 2020
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados
Skip to content