Museu Antropológico Diretor Pestana recebe mais de 22 mil visitantes em 2023 - NoroesteOnline.comNoroesteOnline.com ">

Museu Antropológico Diretor Pestana recebe mais de 22 mil visitantes em 2023

12 de janeiro de 2024

O Museu Antropológico Diretor Pestana (Madp) fechou o ano de 2023 com cerca de 22.300 visitas, entre o público que acessou as exposições, desenvolveu pesquisa e participou de eventos. De acordo com a análise estatística feita a partir da pesquisa de público, além da presença de estudantes e professores que ocorre com mais frequência, a participação da comunidade em geral cresceu de forma significativa.

Os números positivos podem ser atribuídos às diferentes ações desenvolvidas ao longo do ano no Madp como, o Domingo no Museu, que contou com atrações artísticas e culturais, a partir de temáticas que envolveram questões de cidadania, democracia, memória, patrimônio, entre outras; e às exposições, onde foram desenvolvidas 11 exposições temporárias no Espaço do Museu e 10 exposições itinerantes que circularam na comunidade de Ijuí e região.

Cumprindo as metas de 2023, o Museu desenvolveu 28 eventos, que contaram com a participação de mais de 2 mil pessoas; esteve presente em eventos institucionais; realizou oficinas interligadas entre os setores do Madp, caracterizadas como ações educativas solicitadas por instituições, estimulando assim a prática de investigação no patrimônio material preservado pelo Museu; e firmou convênio com a Universidade Federal de Pelotas para o restauro de peças missioneiras do Madp.

Além de conhecer as exposições e participar de eventos, o público também buscou o Museu por meio do serviço de atendimento à pesquisa. Cerca de 200 pesquisadores tiveram acesso ao acervo documental e museológico e realizaram, ao todo, aproximadamente 600 pesquisas no ano. Estes dados apontam um aumento de pesquisadores no Madp tanto na forma presencial quanto online.

Segundo a diretora da Madp, Iselda Sausen Feil, 2023 foi um ano desafiador onde o objetivo central foi promover uma aproximação do Museu com a comunidade. “Foi necessário refletir sobre o que estava sendo feito, fortalecendo e consolidando o que estava dando certo e superar as fragilidades. Compreendemos que uma mobilização para dar maior visibilidade sobre a importância do Museu era imprescindível na perspectiva de evidenciar sua finalidade que é de salvaguardar a memória como referência para a articulação entre o passado, presente e projetar o futuro, além de mostrar para a comunidade que uma cidade com Museu faz uma grande diferença de uma cidade sem”, destacou.

Para 2024, a diretora pontua que entre as metas, o Madp buscará formas para manter a sua sustentabilidade e ampliar o número de apoiadores culturais. “Queremos desenvolver atividades em parcerias com empresas, associações e sindicatos. Embora seja uma instituição comunitária e sem fins lucrativos, precisamos elaborar um plano econômico de sustentabilidade do Museu, adequar nossos espaços e ampliar a inserção e interação com a Comunidade”, finalizou.

EAD Unijuí 2023 | Conectando Futuros

2 de março de 2023
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados