Os túneis de Ibirubá e o Nazismo no Brasil – NoroesteOnline.com

Os túneis de Ibirubá e o Nazismo no Brasil

12 de outubro de 2019
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Foto: Prefeitura de Ibirubá/Divulgação

Nesta semana, a edição do Rizoma discutiu um assunto que está tomando a atenção nos últimos dias. A cidade gaúcha de Ibirubá, que fica nas proximidades de Ijuí, supostamente abrigaria túneis construídos para a utilização de nazistas fugitivos após a segunda guerra mundial, colocando uma discussão histórica em evidência. Porque a região Sul do Brasil e parte da América Latina supostamente abrigou nazistas após a queda de Hitler? Qual era o contexto cultural e social da região do Brasil na época? Essas e outras perguntas foram respondidas pelo convidado, professor historiador, Jaeme Callai, além das contribuições do entrevistado, Henrique Hentges, historiador e secretário de educação da cidade de Ibirubá.

Confira na íntegra

Sobre a possível existência dos túneis, o secretário de educação, Henrique Hentges, afirma: “existe uma tubulação que perpassa por algumas ruas da cidade, mas essa tubulação nunca teve uma finalidade definida. Isso seria o primeiro momento, no segundo momento a gente tem a questão, que são as casas subterrâneas. Se a gente for investigar na história, isso era muito comum, a própria questão da arquitetura, quando os alemães vêm para o Brasil, eles trazem a arquitetura. Em cima disso, a gente tem a questão dos porões, se daqui a pouco uma casa ligava a outra, porque já teve a confirmação de que uma casa tinha ligação a outra. Enfim, para que servia isso é um segundo momento”, explicou.

Sobre o desdobramento dessa história, o professor historiador Jaeme Callai, comenta:  “a memória existe, ela tem que ser preservada, ela tem que ser cuidada, e quando nós trabalhamos sobre eventos do passado, o qual nós não temos uma informação muito precisa, é importante que nós tratemos de trabalhar como um detetive buscando as pistas que possam nos elucidar. Vamos pesquisar mais, ver qual é toda rede de esgotamento e entender porque, em algum momento, foi enterrado dois metros solo a baixo, o que foi construído, para que, e porque isso está abandonado?” questionou.

Fonte: Unijuí

Vestibular de Verão UNIJUÍ 2020

30 de setembro de 2019
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados
Skip to content