Reino Unido identifica mutação do coronavírus - NoroesteOnline.comNoroesteOnline.com

Reino Unido identifica mutação do coronavírus

14 de dezembro de 2020

O ministro da Saúde do Reino Unido, Matt Hancock, disse nesta segunda-feira (14) que mais de 1 mil casos de Covid-19 associados a uma nova variante do Sars-Cov-2 foram identificados nos últimos dias na Inglaterra.

Representantes da OMS (Organização Mundial da Saúde) afirmaram que, por enquanto, nada sugere que ela faça com que o vírus seja mais “complicado” ou capaz de ampliar a sua capacidade de propagação.

Ainda não há informações se a nova variante é a mesma anunciada por cientistas no fim de outubro. À época, a mutação batizada de 20A.EU1 foi associada a casos na Espanha e em vários países europeus.

Sem dar detalhes se ela se tratava da 20A.EU1, Hancock falou sobre a nova variante em um comunicado ao Parlamento. “Identificamos uma nova variante do coronavírus, que pode estar associada à disseminação mais rápida no Sudeste da Inglaterra. Uma análise inicial sugere que esta variante está crescendo mais rápido do que as variantes existentes”, afirmou o ministro.

“Devo enfatizar que, atualmente, não há nada que indique que a variante seja mais provável de causar doenças graves, e o conselho clínico mais recente é que é altamente improvável que uma vacina falhe em proteger contra essa mutação”, prosseguiu Hancock.

Fonte: O Sul

Vestibular Verão 2021 Unijuí

23 de outubro de 2020
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados