Santo Ângelo pressiona estado para aquisição de equipamento - NoroesteOnline.comNoroesteOnline.com ">

Santo Ângelo pressiona estado para aquisição de equipamento

21 de novembro de 2022

O sucesso da nova rota aérea entre as Missões e São Paulo com a alta taxa de ocupação dos voos entre Guarulhos e Santo Ângelo é contraponto para a inoperância do Governo do Estado no atendimento às exigências dos órgãos oficiais da aviação nacional e tem colocado em xeque a manutenção do voo comercial.

A morosidade do Estado na aquisição e instalação do PAPI (Precision Approach Path Indicator), sigla em inglês para Indicador de Percurso de Aproximação de Precisão, sistema de ajuda visual à navegação aérea, no Aeroporto Regional Sepé Tiaraju, tem causado sérios problemas para a GOL Linhas Aéreas, operadora dos voos Santo Ângelo/Guarulhos. Em uma semana, por duas vezes, o Boeing 737-800 não pode pousar na pista do aeroporto em razão da falta do equipamento, causando transtornos para passageiros e empresa.

Desde o início das conversas para a implantação da linha ligando Santo Ângelo a São Paulo, a necessidade do equipamento vem sendo tratada pelas lideranças locais, mesmo que a direção da GOL tenha deixado claro que essa não era uma condição fundamental para o início da operação.

Preocupado com a situação que pode inviabilizar pousos e decolagens de aeronaves de grande porte no aeródromo, o prefeito Jacques Barbosa convocou reunião no final da tarde desta quinta-feira, 17, com a participação do deputado Eduardo Loureiro, lideranças empresariais, representantes de entidades de classe e assessoria jurídica do município a fim de pressionar o Governo do Estado a adquirir e providenciar com urgência a instalação do PAPI. “Estamos dispostos a fazer a nossa parte para manter os voos, de extrema importância para o desenvolvimento regional e a, mais uma vez, cumprir as obrigações do Estado. Se o Estado não fizer a sua parte, nós faremos”, deixou claro o chefe do Executivo santo-angelense.

Na reunião foram levantadas várias possibilidades, inclusive a locação do equipamento.

EDITAL

De acordo com o deputado Loureiro, o Governo do Estado informou que deve publicar o edital de licitação para os próximos dias com fechamento do certame em janeiro. “A nossa preocupação está relacionada ao prazo de entrega do equipamento pela empresa vencedora e de instalação pelo Estado”. Loureiro destacou que a burocracia e a lentidão do Estado nesta modalidade de processo podem exigir uma ação mais forte da gestão municipal para mitigar o risco de suspensão dos voos regulares.

REUNIÕES

Na sexta-feira, 18, pela manhã, lideranças empresariais e políticas de Santo Ângelo estiveram reunidas com o vice-governador eleito, Gabriel Souza (MDB), incluindo na pauta a situação do aeroporto regional.

Na próxima terça-feira, 22, o prefeito Jacques, o deputado Loureiro e as lideranças estarão reunidas com o governador Ranolfo Vieira Júnior, cobrando uma ação mais incisiva do Estado para a instalação do equipamento no Aeroporto Regional Sepé Tiaraju e pela manutenção dos voos regulares da GOL entre Santo Ângelo e Guarulhos (SP).

PRESENÇAS

Também participaram da reunião no Gabinete do Executivo Municipal, o presidente do Sindicato Rural, Laurindo Nikititz; o presidente da Acisa, Mauro Tschiedel; Douglas Ciechowiez, vice-presidente regional da Federasul; o empresário Carlos Alberto Pippi; o presidente do Aeroclube Paulo Dalla Porta; Jéferson Toniaso, diretor do Departamento de Compras e Patrimônio do Município; os advogados da Prefeitura, Nicole Duprat, Rogério Callegaro e Emílio Danelli Neto; e o ex-presidente da Acisa, Felipe Fontana.

Fotos: Fernando Gomes

Vestibular Verão Unijuí 2023

6 de outubro de 2022
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados