“Temos de pensar uma agenda só para o Rio Grande do Sul”, diz Leite em encontro com parlamentares – NoroesteOnline.com

“Temos de pensar uma agenda só para o Rio Grande do Sul”, diz Leite em encontro com parlamentares

19 de março de 2019
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Após receber individualmente os deputados estaduais, o governador Eduardo Leite deu sequência à agenda de diálogo com o Legislativo nesta segunda-feira (18) ao se reunir com a bancada federal gaúcha. O encontro foi pautado por dois temas – as emendas parlamentares que a bancada destina ao Estado anualmente e as demandas que o RS tem para discutir com a União, como pacto federativo, Lei Kandir, reformas, renegociação da dívida, entre outras. Todos os 31 deputados e os três senadores estiveram presentes ou representados, assim como os secretários de Estado, no Salão Alberto Pasqualini do Palácio Piratini.

“Independentemente de convergirmos ou divergirmos ideologicamente em algumas pautas, temos de pensar que agora as agendas individuais que nos elegeram é uma agenda só, a agenda do Rio Grande do Sul”, afirmou o governador ao abrir a reunião.

Leite ainda disse que o volume de recursos que os parlamentares dispõem supera a capacidade de investimentos do Executivo e destacou a necessidade de articulação entre os poderes para encontrar a melhor destinação. “O trabalho em cooperação é fundamental para o desenvolvimento do Estado. É hora de limparmos da mesa qualquer aspiração eleitoral e colocar as prioridades da população gaúcha antes de tudo”, observou o governador.

agoraencontro
Após o encontro, os representantes do Executivo e do Legislativo seguiram para um almoço na Assembleia Legislativa – Foto: Gustavo Mansur / Palácio Piratini

Coordenador da bancada gaúcha, o deputado federal Giovani Cherini apresentou algumas das emendas recentemente aprovadas. Entre elas, a de R$ 69,5 milhões, que garantiu a entrega de 576 máquinas e equipamentos agrícolas a 336 municípios no ano passado.

Outra emenda, no valor de R$ 65,8 milhões, é destinada ao aparelhamento dos órgãos de segurança pública. No total, 112 viaturas para a Polícia Civil e 271 veículos para a Brigada Militar, além de coletes balísticos, armamentos e equipamentos de videomonitoramento, serão entregues a 131 municípios ainda nas próximas semanas. Além de R$ 68 milhões que serão destinados para o custeio da saúde e de R$ 30 milhões para escolas agrícolas, cujos destinos vão ser acordados entre os parlamentares e o governo do Estado.

“Agora para 2019 teremos mais cerca de R$ 250 milhões e precisamos discutir quais são as prioridades para o nosso Rio Grande”, pontuou Cherini. Leite pediu atenção especial, além da saúde, segurança e educação, à área da infraestrutura, principalmente quanto a “obras em fase final de conclusão que necessitam de poucos recursos, mas podem fazer uma grande diferença nas suas regiões.”

Antes de encerrar a reunião no Piratini, o governador pediu que encontros como o desta segunda-feira possam se repetir com frequência, buscando alinhar as demandas gaúchas e aumentar as chances de êxito em Brasília.

Após o encontro, os representantes do Executivo e do Legislativo seguiram para um almoço na Assembleia Legislativa, a convite do presidente da Casa, Luís Augusto Lara, e do líder do governo na AL, Frederico Antunes. No local seguiram discutindo as prioridades para o Rio Grande do Sul.

Vestibular de Inverno 2019 Unijuí

20 de maio de 2019
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados
Skip to content