Ueti repassa recursos para os Centros Culturais – NoroesteOnline.com

Ueti repassa recursos para os Centros Culturais

14 de novembro de 2019
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A União das Etnias de Ijuí (Ueti) recebeu em sua nova sede, na tarde de ontem,13,  os presidentes dos 12 Centros Culturais Étnicos e da Associação Querência Gaúcha (ATQG), para marcar o repasse de recursos, tradicionalmente realizado após o encerramento da ExpoIjuí-Fenadi.  Cada entidade recebeu um cheque no valor de R$ 18 mil. “Com certeza esse valor vem ajudar muito as nossas casas e todas têm condições de administrar da melhor forma possível com foco cultural, porque é um recurso do Projeto Cultural. Mas dentro disso pode ser utilizado com liberdade”, pontuou o presidente Nelson Casarin.

O presidente aproveitou para destacar os desafios vencidos neste ano, que apresentou suas dificuldades, mas também foi marcado por vitórias. “Uma das nossas maiores conquistas é estarmos aqui na nossa casa (referia-se à sede própria da Ueti). Todos nós estamos de parabéns pelo trabalho que foi feito, agradecer de coração a todos, pois os presidentes representam todos os que estão na retaguarda”, reforço o presidente. A Ueti, segundo Casarin, está caminhando para a execução da quarta e última fase da sede própria a partir de janeiro próximo.

O prefeito Valdir Heck, o secretário de Governo, Telmo Alves, e o professor Adelar Baggio também participaram do momento que serviu para marcar o repasse de recursos. No seu pronunciamento, o chefe do Executivo pediu aos presidentes das Etnias a designação de uma música que as representem em termos culturais para integrar o projeto de iluminação da Praça da República. “Nós estamos preparando a nova iluminação (com 16 tonalidades diferentes) da Praça da República, cuja inauguração está prevista para o dia 1º de dezembro, e gostaríamos que cada uma das etnias estivesse representada por uma tonalidade. Com isso estamos trazendo o Movimento Étnico para o centro, já antecipando as ações com vistas à conquista do título de Capital Nacional das Etnias, que acreditamos, virá”, afirmou Valdir Heck.

Para o produtor Cultural Francisco Roloff, o momento foi também para agradecer, pois o projeto da sede própria da Ueti começou a se transformar em realidade com a cedência do terreno. “Acho importante a gente dizer isso, porque muitas vezes a gente tem só o momento de pedir e não tem o momento de agradecer”, disse. Também destacou a possibilidade de mudança na Lei de Incentivo à Cultura que poderá facilitar a captação de recursos para projetos culturais.

Vestibular de Medicina UNIJUÍ 2020

29 de novembro de 2019
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados
Skip to content