UNIJUÍ: Mês de outubro é marcado por diversas ações de internacionalização da Universidade – NoroesteOnline.com

UNIJUÍ: Mês de outubro é marcado por diversas ações de internacionalização da Universidade

21 de outubro de 2019
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Unijuí busca, nos processos de internacionalização, um dos diferenciais enquanto instituição de ensino superior no Rio Grande do Sul. Este mês de outubro foi marcado por diversas ações da Universidade no aprofundamento das relações com instituições e governos de diversas partes do mundo.

Durante a ExpoIjuí/Fenadi 2019 esteve presente, com programação na Casa da Unijuí no Parque de Exposições, o vice-cônsul da Suécia, Peter Johansson, que realizou o bate-papo “O ensino superior na Suécia e a inserção no marcado de trabalho”, no domingo, 13 de outubro, em atividade promovida pelo Escritório de Relações Internacionais. Ainda durante a Feira em Ijuí, foi realizado o Seminário Brasil-China, na quinta-feira, 17 de outubro, na Casa do Produtor Rural. No evento, que contou com a presença de deputados estaduais, prefeitos e vereadores, além de lideranças regionais, a Unijuí esteve representada pelo Vice-Reitor de Administração, Dieter Siedenberg, que entregou para Fábio Hu, da Câmara de Comércio de Desenvolvimento Internacional Brasil/China, uma carta de intenções de colaboração técnica-científica.

Programas de Mestrado e Doutorado

As ações de internacionalização também foram aprofundadas pelos Programas de Mestrado e Doutorado da Unijuí neste mês:

No dia 09 de outubro o Programa de Mestrado e Doutorado em Educação nas Ciências realizou Seminário Temático intitulado “Thematic Seminar in Education: technology, interculturality, and internationalization”, que teve duas abordagens principais: “Education and Technologies” e “Interculturality and internationalization at Higher Education Institutions”. Esse seminário temático teve como objetivo aumentar a conscientização dos participantes sobre a variedade de possíveis contextos em que a tecnologia educacional pode ser usada no ambiente universitário, além de ferramentas e atividades que podem ser usadas para aprimorar o ensino com tecnologia. A atividade foi realizada pelo professor Dr. Jarosław Krajka, da Universidade Maria Curie-Sklodowska, da Polônia, instituição de ensino que possui uma intensa relação acadêmica com a Unijuí.

No dia 17 de outubro aconteceu a sétima edição do Seminário de Formação Científica e Tecnológica (SFCT), que foi realizado no Auditório do DCEEng, no campus Ijuí. O evento é organizado pelo Grupo de Pesquisa em Computação Aplicada (GCA) e conta com o apoio do Programa de Pós-Graduação em Modelagem Matemática e do curso de Ciência da Computação da Unijuí. Nesta edição, além das apresentações de estudantes, o evento contou com a palestra do pesquisador Dr. Carlos Molina Jiménez, da Universidade de Cambridge (Reino Unido), que falou sobre os rumos da descentralização, tecnologias descentralizadas, caminhos e desafios de pesquisa. O pesquisador integra o grupo de pesquisa GCA e vem desenvolvendo trabalhos com o grupo em temas de tolerância a falhas, processos de negócio, e, mais recentemente, smart contracts e blockchain.

Nos dias 16 e 17 de outubro, o diretor Mário Coelho, da Calvatis Indústria e Comércio Ltda do Brasil, com sede em Santa Cruz do Sul/RS, e o consultor Dieter Tewes, da Calvatis GmbH, com sede em Ladenburg – Alemanha, em conjunto com o professor Dr. Dagmar Camacho Garcia do DEAg, foram recebidos pelo Vice-Reitor de Administração da Unijuí, para a apresentação do projeto de pesquisa e a formalização da cooperação internacional Brasil – Alemanha. O grupo também foi recebido pelo professor Dr. José Antonio Gonzalez da Silva, coordenador do Programa de Pós-Graduação em Sistemas Ambientais e Sustentabilidade do DEAg, visando a apresentação do projeto e a ampliação das possibilidades de inserção da pesquisa no referido mestrado. A visita teve o objetivo de conferir a instalações do Setor de Suínos do IRDeR, para o início do treinamento e dos testes de validação com os desinfetantes biodegradáveis da empresa alemã. “O objetivo foi colaborar com a internacionalização da instituição e com os cursos de graduação, com possibilidade de intercâmbio e interação direta com os estudantes, bem como o financiamento de pesquisas envolvendo o Programa de Pós-Graduação em Sistemas Ambientais e Sustentabilidade do DEAg, interação e desenvolvimento do projeto no IRDeR e também em propriedades rurais da região noroeste do RS”, observa o professor Dagmar Camacho Garcia.

Além de receber visitas internacionais, estudantes e professores da Unijuí fizeram viagens ao exterior. Os professores Sérgio Luís Allebrandt e Airton Adelar Mueller, do Doutorado em Desenvolvimento Regional (PPGDR), juntamente com os doutorandos Taciana Angélica Moraes Ribas e Vanilson Cardoso Viana, estão participando de atividades de pesquisa no Instituto de Geografia da Universidade de Innsbruck, na Áustria. De acordo com o prof. Sérgio, coordenador do PPGDR, a participação integra o esforço de internacionalização dos programas de pós-graduação da Unijuí. Neste ano, o grupo da Unijuí participou das atividades de comemoração aos 350 anos da Universidade de Innsbruck, dos dias 14 a 16 de outubro.

Desde o dia 17 o grupo participa da 3ª edição da Escola de Verão, na cidade de Nals, no Tirol do Sul, que fica no norte da Itália. A Escola de Verão é um programa anual que integra os Programas de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional da Unijuí, da Unisc (Santa Cruz do Sul) e da FURB (Blumenau, SC), e do Programa de Doutorado do Instituto de Geografia da Universidade de Innsbruck. No total estão participando nove professores e nove doutorandos. O objetivo é a troca de experiências de ensino, pesquisa e extensão, além de socializar os projetos de tese dos doutorandos das quatro instituições.

 

Vestibular de Verão UNIJUÍ 2020

30 de setembro de 2019
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados
Skip to content