Volta às aulas Unijuí: estudantes de Medicina são os primeiros a retornar - NoroesteOnline.comNoroesteOnline.com ">

Volta às aulas Unijuí: estudantes de Medicina são os primeiros a retornar

17 de fevereiro de 2021

O curso de Medicina da Unijuí já iniciou as atividades de 2021. Na manhã desta quarta-feira, dia 17 de fevereiro, seguindo o calendário acadêmico, a primeira turma teve sua aula teórica, no formato online, que contou com a presença do coordenador do curso, professor Jorge Brust. As aulas práticas, para o curso de Medicina, também iniciam no dia de hoje de forma presencial, seguindo todos os protocolos de segurança contra a covid-19.

Para os demais cursos, as aulas também iniciam de forma online na próxima segunda-feira, dia 22 de fevereiro. A Instituição se prepara para receber os estudantes presencialmente a partir do dia 1º de março, escalonadamente, conforme determina a Portaria do Ministério da Educação (MEC) nº 1.038, de 7 de dezembro de 2020.

“Infelizmente não retornamos como gostaríamos, com um encontro presencial, mas a Instituição está tomando todas as medidas necessárias, e readequando os espaços, para que logo isso aconteça. Estamos num momento que ainda requer cuidado e contamos com a colaboração de todos para que as medidas de segurança, como uso da máscara e distanciamento seguro, sejam seguidos”, destacou o coordenador do curso, Jorge Brust, em sua fala inicial.

Brust aproveitou o momento para destacar a importância da implantação do curso de Medicina, não apenas para a cidade, mas para toda a região, que acompanha, com expectativa, a evolução da graduação e participação cada vez mais intensa nos municípios, por meio da atuação dos estudantes e futuros médicos. A credibilidade do curso é tamanha na região que, hoje, entre 60% e 70% dos acadêmicos pertencem a Ijuí ou a municípios vizinhos.

“O curso na Unijuí vem para atender uma carência, tanto de formação quanto de profissionais. Para se ter uma ideia, na região não chegamos a 0,8 médicos para cada mil habitantes. O próprio Ministério da Saúde determina que existam 2,5 para cada mil. Em países desenvolvidos, como Alemanha, há 4,3”, explicou o professor, destacando que há um amplo campo de atuação para os futuros profissionais na região.

O coordenador falou, ainda, de uma preocupação do Conselho Federal de Medicina, que é compartilhado pela Unijuí, de formar não apenas profissionais com conhecimento técnico e científico, mas éticos e humanitários.

 

Saia da zona de conforto: faça pós-graduação Unijuí

23 de fevereiro de 2021
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados