CPA faz esclarecimentos sobre óbito de filhotes de cães deixados no Canil Municipal – NoroesteOnline.com

CPA faz esclarecimentos sobre óbito de filhotes de cães deixados no Canil Municipal

7 de fevereiro de 2019
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Coordenadoria de Proteção Animal (CPA) vem a público informar e esclarecer as circunstâncias nas quais ocorreu o óbito de cães (filhotes), deixados no Canil Municipal. Por desconhecimento ou má fé, circulam nas redes sociais, informações que não retratam a veracidade dos fatos.  Por esta razão, a equipe técnica da Coordenadoria se pronuncia com o objetivo de jogar luz ao lamentável episódio.

Antes, porém, é necessário esclarecer que somente são recolhidos ao Canil Municipal, animais doentes ou atropelados, que necessitam de cuidados. E, nesses casos, após a realização dos cuidados, os mesmos são devolvidos aos seus proprietários ou encaminhados para adoção.

Acerca do óbito dos animais, a CPA tem a esclarecer o seguinte: ocorreu no município de Ijuí, durante o mês de janeiro deste ano, o abandono de 20 animais de pequeno porte (filhotes), os quais foram abrigados junto ao Canil Municipal para tratamento e imunização. No local, além de receberem a assistência indicada, esses animais também receberam alimentação.

Mas, infelizmente, embora adotados todos os procedimentos possíveis –  primeira dose de imunização e tratamento com antibióticos – em decorrência da desnutrição e de parvovirose, alguns filhotes não resistiram e acabaram vindo a óbito. Mas a Coordenadoria reitera: todos os animais deixados no Canil Municipal foram vacinados, recebendo a primeira dose, pois a imunização completa ocorre somente após a aplicação da terceira dose da vacina.

Além disso, são tomadas todas as medidas de higienização dos locais onde os animais são abrigados e para uma descontaminação mais segura, os servidores que atuam no local, utilizam, inclusive, vassoura de fogo (foto), com o objetivo de garantir a vida dos animais recolhidos ao Canil Municipal.

Neste sentido, a CPA refuta, terminantemente, as acusações que lhes são atribuídas e afirma que quaisquer atos de negligência não foram cometidos pelos servidores que atuam no Canil, mas sim por parte daqueles que detêm a posse de animais e, no momento em que esses necessitam de cuidado, os abandonam pelas ruas dos bairros, estradas do interior, em péssimas condições de sanidade.

Por outro lado, é importante informar também que a Administração Municipal buscou junto ao Governo do Estado do Rio Grande do Sul, a cessão de uso do prédio da antiga FEPAGRO, localizado à margem da BR 285, que já se encontra em fase de reformas para ser utilizada como um centro de bem-estar animal e cujo projeto prevê salas de cirurgias e de recuperação de animais, bem como de um centro de passagem para animais eventualmente recolhidos.

Coordenadoria de Proteção Animal

Secretaria Municipal de Meio Ambiente

Plano de Desenvolvimento Institucional Unijuí

30 de junho de 2019
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados
Skip to content