Encontro debate enfrentamento da violência contra a mulher – NoroesteOnline.com

Encontro debate enfrentamento da violência contra a mulher

11 de agosto de 2019
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Aconteceu nesta quarta-feira, 7, mais uma edição do Encontro de Estudo e Fortalecimento da Rede de Enfrentamento à Violência, no Centro de Eventos da Unijuí. O evento em alusão aos 13 anos da Lei Maria da Penha foi promovido pelo Poder Executivo de Ijuí, por meio da Coordenadoria da Mulher, com o apoio de entidades parceiras. A iniciativa proporcionou o fortalecimento do diálogo entre os diversos setores referenciais da temática no município.

O Plano Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres de Ijuí propõe a criação de uma legislação voltada à erradicação da violência doméstica. Para tanto, a Lei Maria da Penha prevê uma atuação conjunta e articulada de órgãos governamentais, não governamentais e da comunidade no enfrentamento à violência doméstica. “Frente aos índices crescentes de agressões, é fundamental avançarmos nas ações de precaução, envolvendo também o público masculino e fundamentando nossas ações no tripé contenção, prevenção e assistência”, destacou a titular da coordenadoria, Noemi Huth.

Pela manhã, foram realizadas duas rodas de conversa: Rede de enfrentamento à violência e O Atendimento da família em situação de violência doméstica. À tarde, a presidente estadual da Associação dos Defensores Públicos do Estado do Rio Grande do Sul (Adpergs) falou sobre a temática Em defesa delas: Defensoras e Defensores Públicos pela Garantia de Direitos das Mulheres, em mesa de trabalho coordenada por Marcos Vinícius Martins, representante da Defensoria Pública de Ijuí. Para finalizar a programação, houve a roda de conversa O homem no contexto da violência doméstica, com a participação da defensora pública Carla Schöffel Lisot, da assistente social Silvia Adriane Teixeira Amaral e da professora de Psicologia Sonia Costa Fengler.

A partir das discussões, foram elaborados os seguintes encaminhamentos, a serem postos em prática pela Coordenadoria da Mulher:

– Oportunizar momentos de formação em relação à temática para os profissionais das unidades básicas de saúde;

– Verificar projetos existentes na Câmara de Vereadores relacionados às políticas públicas para as mulheres;

– Fortalecer a Rede de Enfrentamento à Violência por meio do rompimento do ciclo da violência, persistindo na construção da cultura da paz;

– Trabalhar as causas da violência;

– Fortalecer o projeto Sala de Espera;

– Fortalecer o projeto Sala Lilás;

– Dirigir um olhar específico às mulheres privadas de liberdade, apoiando a criação do módulo feminino junto à penitenciária Modulada de Ijuí.

EAD UNIJUÍ

31 de julho de 2019
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados
Skip to content