Novo carro da Mercedes-Benz mostra “evolução radical” no modelo W10 – NoroesteOnline.com

Novo carro da Mercedes-Benz mostra “evolução radical” no modelo W10

13 de fevereiro de 2019
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os campeões não dormem nos louros! A Mercedes-Benz lançou seu novo carro nesta quarta-feira e mostrou um conceito de “evolução radical” para seu modelo W10. A equipe alemã brincou durante alguns dias com uma “nova pintura” (prateado é tão 2018 disseram), mas manteve a tradição das Flechas de Prata, apenas com uma presença maior de preto e o seu “verde elétrico”.

Mas pintura não ganha corridas, muito menos títulos. Por isso, James Alisson e companhia se debruçaram nos novos regulamentos e avançaram em todos os segmentos aerodinâmicos. Se a nova asa dianteira não permite o mesmo detalhamento gerador de downforce, agora a área do cockpit logo após o bico tem aletas esculpidas, claramente para gerar pressão aerodinâmica e limpar a turbulência proveniente das rodas.

O bico é ainda mais baixo em seu encaixe com a lâmina do aerofólio e sofreu novo regime, ficando tão estreito quanto as regras permitem. Isso abre espaço para as aletas entre as rodas e as entradas de ar laterais trabalharem. Ali, temos uma escultura intrincada que foi pintada de preto, inclusive, para atrapalhar uma análise profunda através de fotos. Seguimos adiante e as entradas de ar laterais são um absurdo de magras. A “cinturinha” do W10 é impressionante, um verdadeiro trabalho de miniaturização e posicionamento dos componentes de refrigeração do motor e baterias.

Alisson e seu time aproveitaram o grande entre-eixos do carro para encaixar tudo e, com isso, reduziram a largura dos pontões laterais. Desta forma, o assoalho tem uma área de contato maior para gerar downforce e conduzir o ar para o difusor traseiro. Para atender as exigências de colisão lateral, o time utiliza as fixações das aletas como parte estrutural. Barbatana e asa traseiras, ao menos por enquanto, não apresentam grandes mistérios e revoluções. De resto, o time anunciou um novo projeto de motor para continuar à frente da concorrência.

Com os ganhos de Ferrari e Renault, os alemães tentam dar um salto de potência e superar os 1000 cavalos. Alguém duvida que Lewis Hamilton e a Flecha de Prata seguem favoritos? Eles são tão insuportavelmente eficientes que já fizeram o shakedown do carro e deram dezenas de quilômetros tanto para Valtteri Bottas quando para o campeão sem encontrar problemas!

Fonte: PitLane

EAD UNIJUÍ

31 de julho de 2019
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados
Skip to content