Obras públicas não respeitam lei federal do piso tátil em Ijuí – NoroesteOnline.com

Obras públicas não respeitam lei federal do piso tátil em Ijuí

29 de agosto de 2019
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Lei 7.853 de 24 de outubro de 1989 assegura a acessibilidade aos deficientes visuais. O que antes era considerado como infração, com a lei da acessibilidade, agora é crime, com penalização de multa para a empresa que não estiver apta e acessível.

Pode-se notar em novas construções na cidade que em edificações privadas a maioria instala no passeio público o piso tátil. No entanto, chama a atenção que em prédios novos e públicos, como no caso da UPA, que é uma casa de saúde, não possui o piso tátil, o que dificulta e muito a acessibilidade para deficientes visuais.

Neste caso específico do prédio da UPA, trata-se de uma obra federal, que deveria ter a sinalização no passeio público, mas não há, nem no passeio da rua Getúlio Vargas como no da Goiás.

A lei da acessibilidade zela pelos direitos e deveres dos portadores de deficiências, garantindo que todo cidadão tem o direito de ir e vir. A CORDE (Coordenadoria para a integração da Pessoa Portadora de Deficiência) é o órgão federal responsável por sistematizar e fiscalizar o cumprimento da lei da acessibilidade em nível federal, estadual e municipal.

É bem simples tornar sua empresa acessível e evitar problemas com a lei e penalizações de multas, com poucas adaptações pode-se fazer uma grande diferença para deficientes visuais que dependem delas para interagir socialmente.

 

Vestibular de Verão UNIJUÍ 2020

30 de setembro de 2019
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados
Skip to content