Profissionais da Residência em Saúde da Família adaptam rotinas de trabalho para auxiliar a comunidade na pandemia – NoroesteOnline.com

Profissionais da Residência em Saúde da Família adaptam rotinas de trabalho para auxiliar a comunidade na pandemia

8 de julho de 2020
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Família, uma parceria entre a Unijuí e a Fundação Municipal de Saúde de Santa Rosa (Fumssar), prepara profissionais para que atuem na área de Atenção Básica e Saúde da Família, orientados pelos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS), com base na realidade da região. Desta forma, no contexto da pandemia de covid-19, os profissionais residentes precisaram  adaptar rotinas de trabalho, buscando novas maneiras de auxiliar as pessoas, de acordo com as medidas mais seguras, com fim de seguir todas as orientações de segurança contra este novo vírus.

São 22 residentes que integram o curso de Pós-Graduação e atuam também na linha de frente do combate à covid-19. Os profissionais realizam ações em seis unidades de saúde do município de Santa Rosa, além de desenvolverem reflexões e produções teóricas sobre o contexto da pandemia.

A nutricionista Júlia Pess dos Santos comenta como foram as adequações durante este processo: “tivemos que nos adequar em diversas atividades do nosso dia a dia, no início foram suspensas os atendimentos realizados pelas Equipes do Núcleo Ampliado de Saúde da Família (NASF-AB), desta forma, reorganizamos nosso trabalho, auxiliando nas rotinas das unidades, a partir daí a equipe da residência pensou em estratégias para enfrentamento a covid-19, realizando, nas reuniões de equipe, práticas integrativas e complementares. Passado esse susto inicial, os atendimento individuais foram retomados aos poucos, com espaçamento de horários com a constante higienização da sala de atendimento, antes e após o atendimento. Como os grupos de saúde também foram suspensos desde o início da pandemia, sem previsão de retorno, estamos no organizando com grupos de saúde via Whatsapp, mandando diariamente dicas e orientações de cuidados com a saúde. As ferramentas disponibilizadas hoje são as redes sociais virtuais, Facebook e Instagram (@residenciamultisantarosa) da residência, com publicações de educação em saúde” destacou.

Já a fisioterapeuta Laura Renner Bandeira, também residente do Programa, destaca: “durante estes quatro meses de pandemia os fluxos de atendimento da unidade sofreram alteração. Reduziram-se números de profissionais atuantes na atenção básica, desta forma, tivemos que nos responsabilizar por algumas demandas. Não estou atuando diretamente nos atendimentos aos usuários com síndromes gripais, uma vez que temos unidades especificas para estes atendimentos. Com isso, tenho focado atendimentos de gestantes, atendimentos de puericultura, usuários com doenças crônicas, testes rápidos de IST’s, atendimentos preventivos, visitas domiciliares prioritárias. Além destes atendimentos, o grupo de residentes tem focado na saúde do trabalhador: aplicação do protocolo de auricoloterapia, sessões de ioga, alongamentos, etc. Desenvolvemos ações de cunho preventivo social, com a confecção e distribuição de mais de 400 mascaras para a população” acrescenta.

A psicóloga residente Micheli Zeppe, por sua vez, comenta a situação em que os residentes estão vivendo: “é um momento atípico para todos, pois estamos precisando nos reinventar a cada dia, tanto nas questões de demandas individuais de cada profissional, quanto as questões de saúde mental do profissional de saúde. Os atendimentos individuais sofrerem algumas alterações, conforme orientação do Conselho de cada profissão. Alguns estão retornando a rotina dos atendimentos, com todos os cuidados necessários e outros permanecem atendendo preferencialmente as urgências. Sabemos que é um momento difícil para a população em geral, sendo um período de desgaste emocional e tensionamentos diversos. Na medida do possível, essas demandas estão sendo acolhidas pelos profissionais, para minimizar os danos psíquicos dos usuários. Com relação a saúde mental dos profissionais de saúde, os residentes estão organizando, durante as reuniões de equipe, algumas ações relacionadas as práticas integrativas e complementares, tentando proporcionar um espaço acolhedor e cuidadoso para cuidar também de quem cuida de todos nós sempre.”, complementou a psicóloga.
Foto: Felipe Dorneles/Correio do Povo

Teleatendimento Covid

A Fundação Municipal de Saúde de Santa Rosa (Fumssar), em parceria com a Unijuí campus Santa Rosa, disponibiliza serviço de Teleatendimento Covid-19. A iniciativa tem o objetivo de desafogar o sistema de saúde e evitar que pessoas com sintomas do novo coronavírus precisem se deslocar para receber informações. Os residentes do Programa de Residência Multiprofissional e Médica da Unijuí também atuam nestes atendimentos

A linha telefônica 55 3511 5222 contará com dez canais de atendimento. O Teleatendimento Covid-19 está disponível de segunda-feira a sexta-feira, nos turnos da manhã, das 8h às 11h30, e tarde, das 13h30 às 17h30.

EaD UNIJUÍ – 100% a distância

12 de maio de 2020
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados
Skip to content