Programa Inova RS vai conceder bolsas para profissionais com experiência em gestão de projetos de inovação – NoroesteOnline.com

Programa Inova RS vai conceder bolsas para profissionais com experiência em gestão de projetos de inovação

10 de julho de 2020
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Com o objetivo de colocar o Rio Grande do Sul no mapa global da inovação, o Programa Inova RS visa a construção de parcerias estratégicas entre a sociedade civil organizada, setores empresarial, acadêmico e governamental, por iniciativa da Secretaria de Inovação, Ciência e Tecnologia do Governo do Estado.

Na região Noroeste e Missões a coordenação do Programa é da Unijuí, com a coordenação do professor Dr. Daniel Knebel Baggio e apoio técnico da Agência de Inovação e Tecnologia e Incubadora de Empresas de Inovação Tecnológica, a Criatec, vinculados à Vice-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão. Com duração prevista de dois anos, para o desenvolvimento do Programa serão concedidas Bolsas de Gestão da Inovação e Tecnologia (GIT) a profissionais com experiência em gestão de projetos de inovação, ciência e tecnologia, para atuar nas atividades de suporte aos comitês locais e de gerenciamento de projetos estratégicos nos Ecossistemas Regionais de Inovação. “Teremos a participação, em comum acordo, de diversas Instituições e entidades que atuarão pensando em projetos. A grande preocupação é proporcionar o mapeamento de oportunidades existentes, articulando os atores em prol do desenvolvimento regional”, observa o coordenador do Programa na região, professor Daniel Knebel Baggio.

Para a sua execução contará com a contratação de três bolsistas remunerados que estarão situados nas cidades de Ijuí, Santo Ângelo e Santa Rosa. Cada bolsista será responsável por uma microrregião, apontando as oportunidades de negócio, buscando fortalecer as relações institucionais, promoção de eventos de atualização e capacitação dos atores, desenvolvimento de projetos de inovação e a futura publicização dos resultados. O prazo encerra no dia 17 de julho e as inscrições serão realizadas através do preenchimento do Formulário de Inscrição e envio de documentos pelo e-mail: [email protected]. A previsão de início do trabalho é para a segunda quinzena do mês de agosto. Confira o edital completo na página da AGIT.

O Projeto terá abrangência em 77 municípios, contemplando os COREDES Celeiro, Fronteira Noroeste, Missões e Noroeste Colonial, formando assim a região denominada no Programa Inova RS de Noroeste e Missões. Também serão parceiras no desenvolvimento da iniciativa na região, as seguintes instituições e entidades: Universidade Estadual do Rio Grande do Sul – UERGS, Faculdade Horizontina – FAHOR, Horizonte Ambiente Empreendedor – HAE/FAHOR – Incubadora, Sindilojas Noroeste, Associação Comercial e Industrial de Ijuí, Associação Comercial, Industrial, Serviços e Agronegócios de Santa Rosa, Agência de Inovação de Ijuí, Agência de Desenvolvimento de Santo Ângelo, Associação dos Administradores do Noroeste do Estado, Associação dos Municípios das Missões, Faculdade CNEC Santo Ângelo, Faculdade Santo Ângelo – FASA, Faculdades Integradas Machado de Assis – FEMA, Instituto Federal Farroupilha Santo Ângelo, Mind7 Coworking e Espaço Corporativo, SebraeRS, ACISA-Associação Comercial Industrial de Santo Ângelo, Prefeitura de Ijuí, Sociedade Educacional Três de Maio – SETREM e Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e Missões – URI.

Mais sobre o Programa

Desenvolvido pela SICT, em parceria com representantes da quádrupla hélice da inovação de diferentes regiões do Rio Grande do Sul, o INOVA RS teve sua metodologia inspirada em projetos já existentes no Brasil e no mundo, os quais apresentaram resultados positivos, quanto ao desenvolvimento econômico e social das regiões onde estão inseridos. Em Porto Alegre, o Pacto Alegre – que prevê o compartilhamento de recursos e parcerias entre o poder público e a iniciativa privada para impulsionar o crescimento da capital – é uma das referências.

Outra inspiração é a Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI). Foi lançada em 2008 com o objetivo de fortalecer a inovação industrial no Brasil e contribuir para o aprimoramento de políticas públicas relacionadas ao tema. Coordenada pela CNI (Confederação Nacional da Indústria), a mobilização cria um espaço de diálogo entre empresas, universidades e governo.

Fora do Brasil, os projetos [email protected], na Espanha, o qual provocou uma revolução urbana do distrito e a criação de uma zona de atividades econômicas diversas, e o Ruta N, em Medellín, reconhecido por promover a economia criativa e inovadora, sendo transformador da região, e colocando a cidade colombiana como referência internacional em melhoria da qualidade de vida dos cidadãos, por meio da Ciência, da Tecnologia e da Inovação.

OBJETIVOS:

  • Conectar o RS para que seja referência global em inovação como estratégia de desenvolvimento local;

  • Fomentar a nova economia e promover a inovação em setores tradicionais;

  • Criar um ambiente de negócios mais ágil no Rio Grande do Sul;

  • Impulsionar a articulação regional e a participação social nesse movimento, por meio de novas políticas públicas inovadoras;

  • Fortalecer o desenvolvimento regional alinhado às políticas públicas e atividades empreendedoras mais vocacionadas em cada região do Estado;

  • Aumentar a capacidade de investimento do Estado;

  • Qualificar o aprendizado para a nova economia.

Confira todos os detalhes do Programa no site da Secretaria, neste link.

 

EaD UNIJUÍ – 100% a distância

12 de maio de 2020
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados
Skip to content