Rizoma debateu “Ódio, intolerância e preconceito: a redescoberta do Brasil” – NoroesteOnline.com

Rizoma debateu “Ódio, intolerância e preconceito: a redescoberta do Brasil”

20 de agosto de 2020
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

No dia 13 de agosto, uma manhã de quinta-feira, o Museu Antropológico Diretor Pestana realizaria, com estudantes de escolas, uma discussão com a temática “Povos indígenas e colonialidade: entre velamento e reminiscências”, e foi impedido devido a um ataque de ódio coordenado. Um grupo invadiu a sala de debate virtual e passou a promover discursos odiosos direcionados a temática e também a reproduzir em áudio e vídeo alguns absurdos. O evento foi cancelado e a Instituição registrou Boletim de Ocorrência, além de publicar uma nota à comunidade.

Como programa de uma Rádio Educativa, parte integrante de uma instituição comunitária com mais de 60 anos de história, o Rizoma é comprometido com os Direitos Humanos e com as vozes que muitas vezes são silenciadas neste Brasil desigual. Por isso esta semana, no programa temático, vamos debater “Ódio, intolerância, preconceito: a redescoberta do Brasil”. Esse país que a cada dia se mostra menos cordial, caricato de si mesmo, repleto de ódio, preconceito, intolerância, de absurdos e de ignorâncias. Mas que também tem muita gente que batalha e luta por uma nação digna e melhor!!!

Foram convidados representantes de povos indígenas que ajudaram a entender que Brasil é esse. Também trataram sobre as suas identidades, lutas e buscas por Direitos. Participaram desta discussão Jozileia Daniza Kaingang, antropóloga, consultora da ONU MULHERES que atua na Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB) e Mauro Cipriano, mestrando em Direitos Humanos pela Unijuí. Confira na íntegra:

 

Vestibular Verão 2021 Unijuí

23 de outubro de 2020
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados
Skip to content