Rodar de bicicleta em Ijuí não é uma tarefa fácil – NoroesteOnline.com

Rodar de bicicleta em Ijuí não é uma tarefa fácil

19 de agosto de 2020
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O que poderia ser uma solução para o transporte individual e uma alternativa econômica e social, o transporte de bicicleta, acaba sendo pouco utilizado em Ijuí,  e tem como principal problema a mobilidade urbana para as bicicletas.

Sem levar em condição o relevo da cidade que não é nada convidativo para deslocamentos de bicicleta, a cidade não se mostra preparada para receber este meio de transporte. Já não é tão difícil de encontrar ciclistas pelas ruas de Ijuí, muitos que pedalam por lazer, outros por esporte e saúde e a minoria, que se desloca para o trabalho com a bicicleta, utilizando a mesma como meio de transporte diário.

O problema está na infraestrutura urbana, onde praticamente não há espaço para os ciclistas nas ruas, sendo que eles precisam dividir o espaço com os carros e muitas vezes, isso acaba sendo problemático. No centro da cidade, não há bicicletários para quem vai trabalhar, por exemplo, poder deixar a bicicleta. Muitas vezes se vê o veículo amarrado a postes ou placas de sinalização no centro de Ijuí.

Também não há ciclovias na área central. Os dois únicos trechos de ciclovia em Ijuí estão interligando dois bairros, São Geraldo e Pindorama, na zona oeste da cidade, em pouco mais de 2 km de ciclovia. Porém, não há ciclovia ou ciclofaixa em vias principais da cidade, como na 13 de Maio, avenida 21 de Abril, rua do Comércio, 19 de Outubro e outras e é especialmente nessas vias que os ciclistas precisam dividir o espaço entre a pista de rolamento e a calçada com os carros, caminhões e ônibus.

E também é no acostamento onde os ciclistas ijuienses encontram problemas, se há buracos na pista de rolamento, no acostamento não é diferente, em muitos locais é preciso ter muita atenção para não se acidentar, principalmente à noite. Também é importante que os motoristas respeitem os ciclistas e deem o espaço necessário para seu deslocamento e vale lembrar, boa parte dos ciclistas não tem habilitação para carros ou motos, portanto, desconhecem muitas das regras de trânsito, o que pode acarretar em acidentes se os motoristas não estiverem atentos.

Ijuí necessita de um plano de um mobilidade urbana e que este seja executado para veículos alternativos, que desafogue o trânsito do centro da cidade e que dê a população mais alternativas de locomoção e de meios de transporte.

 

 

 

EaD UNIJUÍ – 100% a distância

12 de maio de 2020
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados
Skip to content