Sistema permite monitoramento do rio Uruguai no Noroeste do Estado – NoroesteOnline.com

Sistema permite monitoramento do rio Uruguai no Noroeste do Estado

12 de dezembro de 2018
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Um projeto que existe há décadas nos estados de Amazonas e Minas Gerais ganha corpo no Rio Grande do Sul, especificamente em cidades banhadas pelo rio Uruguai. O Sistema de Alerta Hidrológico da Bacia do Rio Uruguai (SAH Rio Uruguai) processa e disponibiliza informações sobre os níveis dos rios e volumes de chuva de todos os pontos de monitoramento, em tempo real.

O trabalho começou em 2017 na bacia do rio Uruguai, com a modernização de equipamentos de monitoramento em cidades onde já havia a tecnologia, e com a implementação de novos aparelhos neste mês no município de Porto Mauá, na Fronteira Noroeste do Estado. O oficial administrativo da prefeitura de Porto Mauá, Vilson Winkler, desde 2005 realiza o monitoramento das águas de forma manual. Ele faz a verificação em uma régua instalada no manancial, registra as informações e emite, se necessário, alertas. Winkler acredita que este sistema facilitará o trabalho. “As ações serão digitais, e facilitarão este controle. Quando o rio já estava com nível alto, precisávamos ir de caiaque até a régua para verificar o nível”, lembra.

O engenheiro hidrólogo do Serviço Geológico do Brasil (CPRM), Franco Buffon, explica que a novidade, além da modernização e instalação de equipamentos, está em um sistema que unifica as informações e é capaz de emitir alertas. “Poderemos fazer a previsão de níveis e trabalhar com a prevenção em casos de enchentes”, destaca. As informações em tempo real, boletins e informes durante eventos extremos, estão disponíveis no site. Pelo menos dez cidades gaúchas estão com o sistema em funcionamento.

Fonte: Correio do Povo

EAD UNIJUÍ

31 de julho de 2019
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados
Skip to content