Tecnologias inovadoras de ensino permitem aprendizado consistente aos estudantes de Medicina durante a pandemia – NoroesteOnline.com

Tecnologias inovadoras de ensino permitem aprendizado consistente aos estudantes de Medicina durante a pandemia

30 de maio de 2020
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O tempo de distanciamento social e prevenção contra a covid-19 provocaram uma mudança imediata no ensino do curso de Medicina da Unijuí, que passou do modo presencial para o online rapidamente. Com a necessidade de adequação, buscou-se a otimização do uso dos recursos já disponíveis para o ensino e que possibilitam, de maneira qualificada, aulas interativas com os estudantes, além de plataformas complementares, especializadas na área da saúde.

As atividades de ensino estão acontecendo em ambiente virtual com a utilização de recursos e tecnologias específicas, com opções específicas para o ensino de bases moleculares e morfofisiológicas, formação geral e desenvolvimento pessoal, saúde coletiva e também agressão e defesa. Uma delas é a Plataforma Multidisciplinar 3D, uma tecnologia de ponta, disponível em poucos cursos de Medicina em todo o Estado.

Segundo a professora Pauline Brendler Goettems Fiorin, foi uma importante aquisição da instituição, que vêm contribuindo significativamente no ensino de Anatomia Humana. “Este suporte tecnológico tem auxiliado a qualificar as aulas em ambiente Online. Além dos materiais já disponíveis no Laboratório de Anatomia Humana, como peças naturais e de acrílico, a abordagem por meio da Plataforma 3D, associada às aulas no Google Meet, facilitam a compreensão do aluno, principalmente ao abordar as estruturas em uma perspectiva tridimensional. Mesmo que o aluno não esteja em contato direto com a Plataforma, visualmente é possível tornar mais claro aspectos como dimensão, posição e relações anatômicas”, salienta.

Confira uma demonstração do funcionamento desta plataforma

            

O uso da plataforma educacional colaborativa Google for Education está sendo um dos principais recursos utilizados pelos professores e estudantes, pois engloba diversas ferramentas educacionais, com várias funcionalidades para realização de fóruns, exercícios, jogos, avaliações, textos colaborativos, desenhos, uso de um quadro para escrita pelo professor e estudante, produção de vídeos e vários outros. A aprendizagem acontece de forma interativa e colaborativa.

Para além das tecnologias que a Universidade já disponibiliza, os professores também buscaram plataformas auxiliares para incrementar as opções de ensino. Um exemplo é o uso dos recursos de uma plataforma de ensino específica para a área da saúde, utilizada por universidades de diversos países, chamada LT. Nesta plataforma, segundo a professora Mirna Ludwig, os estudantes podem, entre outras atividades, realizar simulações como se tivessem em um laboratório, utilizando dados e modelos disponibilizados pela desenvolvedora. Além disso, em tempo real, o professor pode customizar tarefas e acompanhar o desenvolvimento personalizado dos estudantes, garantindo um acompanhamento e presença constantes para qualificar a experiência de ensino.

               

“Este momento de pandemia não está impedindo o desenvolvimento dos conteúdos programados em conformidade com os objetivos e as habilidades e competências propostos nos planos de ensino. Os professores do curso estão fazendo uso das tecnologias que proporcionam uma ampla variedade didática, promovendo aulas muito atrativas. Esse momento de uso de ensino on-line está reforçando a formação do perfil médico necessário na atualidade, autônomo e capaz de aprender continuamente”, observa a professora Heloísa Eickhoff, coordenadora pedagógica do curso.

Metodologias 

Ainda de acordo com a professora Heloísa Eickhoff, o uso de metodologias ativas no curso é outro diferencial que está reforçando, neste período, a importância deste método na formação do futuro médico. “Temos a Unidade Integradora como um eixo fundamental do curso, em que, neste momento de aulas online, fortalece o objetivo da metodologia, que é tornar o estudante e futuro profissional autônomo na tomada de decisões e na busca de resolução de problemas. Isso é possível pois a metodologia provoca uma forte necessidade de interação de conteúdos e conhecimentos, o que desafia o aluno”, complementa.

Nas Unidades de Ensino e Aprendizagem de Saúde Coletiva, as atividades são diversas, com a utilização de muitos recursos de busca de informações e dados em saúde. Os estudantes promoveram um seminário com apresentação de suas pesquisas com vários estudos realizados. Houve a socialização das  pesquisas com informações epidemiológicas que embasaram trabalhos dos estudantes. Está acontecendo também fórum de discussão com gestores e médicos da Rede de Atenção à Saúde do município.

Complexo da Saúde

No segundo semestre final de 2020, o curso contará com a estrutura do Complexo da Saúde, que terá uma área de 1990,86 metros. No local, implantado o Laboratório de Habilidades e de Simulação Realística, ambiente em que haverá a possibilidade realização da simulação realística e interativa, em que o aluno treina habilidades clínicas e cirúrgicas em um ambiente simulado a partir do uso de manequins. Os bonecos (simuladores) do laboratório são capazes de interagir e responder a uma ampla variedade de reações humanas, inclusive reações a medicamentos e intervenções.

Estão sendo adquiridos manequins de adultos e crianças para a simulação de procedimentos de urgência e emergência, intensivistas, e para exames clínicos, ginecológicos, urológicos, ressuscitação cardiorrespiratória, intubação, drenagem de tórax e pequenos procedimentos cirúrgicos. Esses laboratórios vão permitir que os estudantes desenvolvam suas capacidades técnicas e de raciocínio clínico em cenários seguros e realísticos, destacando-se o uso de metodologia de ensino específicas. O espaço está também planejado para consultas simuladas e trabalhos multiprofissionais. O espaço também contará com tecnologia de ponta, com um sistema de comunicação de alta tecnologia para viabilizar o aprendizado, possibilitando o “Debriefing”, condição em que os estudantes avaliam, orientados pelos professores, os procedimentos realizados, sendo possível analisar as dificuldades e aprimorar os conhecimentos.

“O curso oferece desde o início uma formação teórico-prática de qualidade, em diversos laboratórios e experiências em locais de prática médica e essa estrutura contribuirá com o desenvolvimento de competências e habilidades indispensáveis ao exercício da profissão. Todos os laboratórios e espaços projetados têm como objetivo a formação consistente aos estudantes, que se traduzirá em maior segurança quando estiverem em situações reais da prática médica.  “ O curso de Medicina da Unijuí tem o compromisso com a formação de um médico com competência para atuar nos diferentes níveis de atenção, educação e gestão em saúde, com ética, capacidade crítica e reflexiva, e comprometido com a defesa da cidadania e da dignidade humana”, salienta a professora Heloísa.

         

Futuras instalações do Complexo Saúde Unijuí

EaD UNIJUÍ – 100% a distância

12 de maio de 2020
Copyrights 2018 ® - Todos os direitos reservados
Skip to content